logo
Consumir chocolate pode ser benéfico para saúde. / Freepik - @freepikConsumir chocolate pode ser benéfico para saúde. / Freepik - @freepik
Estilo de Vida 10/07/2021

Chocolate no café da manhã, seria um sonho?

Estudos mostram que consumir chocolate no café da manhã pode ser um hábito saudável.

Um dos alimentos mais consumidos e apreciados, o chocolate se faz presente na dieta de muitas pessoas. Geralmente conhecido como um dos vilões da dieta saudável, seria um sonho poder ouvir de seu médico que incluir essa iguaria no café da manhã pode, na verdade, ser um hábito saudável. Isso está prestes a se tornar realidade.

Acredita-se que o Cacau, fruta da qual é produzido o chocolate, é originário da região amazônica. Seu nome científico, Theobroma Cacao, pode ser traduzido como “Alimento dos Deuses”. Mas quem está acostumado com a doçura dificilmente consegue imaginar que os grãos do cacau na verdade têm um sabor intenso e amargo, gerados pela presença de teobromina e cafeína.

Conforme noticiado pelo Publimetro, é com a adição do açúcar e a torra dos grãos que o sabor amargo vai dando lugar ao gosto característico do chocolate. Mesmo passando por esse processo ele não perde completamente suas propriedades. Desta forma, o chocolate torna-se também um alimento com alto teor de carboidratos.

Confira também:

O outro lado do chocolate

Muitos acreditam que o chocolate contém somente calorias, mas a composição do cacau também possui micronutrientes essenciais para o corpo humano, como ferro, cobre e manganês. Um estudo recente mostra que comer chocolate não contribui negativamente para o nosso peso, quando consumido em períodos específicos do dia.

O estudo, conduzido com um grupo de mulheres na pós-menopausa, mostrou que o consumo diário de 100 gramas de chocolate por dia, durante 14 dias, não contribuiu negativamente para o ganho de peso.

Dividido em dois grupos, o estudo também buscou identificar a interferência do horário de consumo. Enquanto um grupo recebeu a indicação de comer 1 hora antes de dormir, outro grupo foi orientado a comer 1 hora depois de acordar.

Como resultado, as mulheres que comeram chocolate pela manhã apresentaram níveis mais baixos de cortisol, hormônio relacionado ao estresse. Além disso, também foram identificadas alterações positivas no metabolismo, como regulação nos níveis de glicose e oxidação dos lipídios. Ainda não existem dados referentes a testagens em outros grupos, mas sabemos que quando se trata de chocolate, é apenas uma questão de tempo.

Com isso, é possível que em pouco tempo o chocolate deixe de ser um vilão e passe a ser aliado na busca por uma vida saudável.