Borrifar ou regar? Como fornecer água às suas plantas do jeito certo

Por Camilla Viegas

Dúvida de 10 em cada 10 marinheiros de primeira viagem quando o assunto é cuidados com plantas. Assim como a quantidade de sol, a ventilação e a fertilização do solo, a água é essencial para a manutenção da vida da planta. Para que ela fique bonita e saudável, é preciso entender como funciona esse processo composto de várias técnicas.

planta Foto: Pexels/ Daria Shevtsova

Mas, dicas simples podem te ajudar a cuidar do seu verdinho particular, principalmente em dias de calor intenso. Confira!

Leia mais:

 

Hidratando as folhas
Borrifar água sobre as folhas pode ajudar bastante na hidratação da planta, já que por conta do calor elas tendem a perder água mais rapidamente. Borrifar ajuda também que a planta sinta menos a temperatura mais quente. Porém, muito cuidado com essa técnica: nem todas as espécies gostam de receber água em suas folhas (suculentas e cactos, por exemplo) e existe um horário certo para isso (nunca quando o sol estiver muito forte, nem quando ele estiver incidindo completamente sobre a planta). O ideal é borrifar no início da manhã ou fim da tarde.

A lei da rega
"A água tem que entrar e molhar ao redor da planta. Muita gente pega um copo e joga em cima da planta, criando um buraco. Mas pensa num vaso grande, que você molha só de um lado. A raiz da planta é como se fossem nossas veias: têm plantas cujas raízes são mais grossas, outras mais finas. Você deve molhar todo o espaço do vaso, todas as partes em cima, deve deixar tudo bem úmido, e deixar a água escorrer", explica Lincon Catto, designer e jardineiro em entrevista ao blog da Sallve.

Faça o teste do dedinho
Para saber qual a hora certa de regar sua planta, afunde o dedo cerca de 2 cm abaixo da terra. Se você sentir umidade, não precisa regar. Se seu dedo sair seco, regue moderadamente. Atenção: vasos com furos ajudam aos mais inexperientes a não encharcar o solo, porque permite a drenagem.

Periodicidade
Assim como tudo na vida, os melhores resultados vêm com a persistência. Cuidar de plantas é como cuidar da pele: precisa ter constância e observar os sinais para obter os melhores resultados. Dessa forma, não adianta molhar em um dia e passar duas semanas sem dar nenhuma água à verdinha. Assim, a única coisa que você vai conseguir é estressar a planta. Você deve manter a hidratação, sem deixar que a planta apresente sinais de desidratação.

Na dúvida, fique sempre atento aos sinais que a planta dá. Você deve se fazer as seguintes perguntas: “como está o ciclo de desenvolvimento de novas folhas e flores?”, “as folhas apresentam uma aparência saudável, sem manchas ou coloração amarelada?”, “no geral, a planta parece saudável ou decaída?”.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo