Três pesquisas indicam que maconha pode ser usada como remédio contra covid-19

Por Metro World News

Três estudos conduzidos por equipes diferentes chegaram à conclusão que substâncias existentes na maconha podem ser úteis na lua contra a covid-19.

Na Universidade da Carolina do Sul, cientistas descobriram que o THC, substância psicoativa da maconha, conseguiu suprimir a Síndrome da Dificuldade Respiratória Aguda em cobaias (ratos) infectadas com o coronavírus.

De acordo com a pesquisa publicada na Frontiers in Pharmacology pela professora Amira Mohammed, o tratamento com THC fez com que 100% das cobaias se recuperassem.

Outro estudo publicado por duas empresas farmacêuticas de Israel, a Eybna e a Cannasoul, indicou outra substância da cannabis foi eficaz no tratamento da tempestade de citocinas, que causa risco de vida aos pacientes com covid-19.

A tempestade de citocinas é uma reação extrema do sistema imunológico na tentativa de defender o organismo do coronavírus que causa danos aos pulmões.

O terceiro estudo, feito na Universidade de Lethbridge, em Alberta, Canadá, descobriu que alguns extratos da maconha com alto teor de CBD e baixo THC conseguem bloquear as vias usadas pelo vírus pra invadir as células, que pode ser mais uma arma contra o vírus.

Loading...
Revisa el siguiente artículo