Pela pandemia do coronavírus, aérea LATAM reduz operações em 95% no mês de abril

Por Metro World News

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias anunciaram, nesta quinta-feira (2), a redução das operações em 95% durante o mês de abril de 2020, devido ao fechamento de fronteiras e à baixa demanda, causados pela pandemia do coronavírus.

Como revelado pela empresa em comunicado, as medidas serão avaliadas de forma contínua, com base nas restrições de viagem nos diferentes países, bem como na demanda.

Voos domésticos no mês de abril

No Brasil, a LATAM continuará voando para 39 destinos com frequências reduzidas, conectando com seus hubs (centros de conexão) em São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Brasília e Fortaleza.

No Chile, a empresa irá manter frequências reduzidas. As operações domésticas da LATAM no Peru, Argentina, Colômbia e Equador permanecem suspensas devido às restrições governamentais.

Voos internacionais no mês de abril

A companhia irá operar frequências limitadas respectivamente entre Santiago e São Paulo, de Santiago para Miami e Los Angeles, bem como voos de São Paulo para Miami e Nova York.

Operações de carga e Novo CEO

Ainda de acordo com o comunicado, a operação das subsidiárias da LATAM Cargo não foi limitada por fechamento de fronteiras e restrições de viagem.

Além disso, como já anunciado previamente, Roberto Alvo assumiu o papel de CEO do Grupo. Alvo é engenheiro civil, formado pela Universidade Católica do Chile, e obteve MBA de IMD em Lausanne, Suíça.

Com informações da LATAM

LEIA TAMBÉM: 

Loading...
Revisa el siguiente artículo