logo
Estilo de Vida
Estilo de Vida 28/04/2015

Página ajuda a localizar imagens públicas espalhadas pela internet

A equipe do Fotos Públicas: em sentido horário, Jorge Araújo (à frente), Gilmara Ruas, Victor Sinozaki, André Tambucci, Oswaldo Cornetti, Robson Fernandjes, Rafael Neddermeyer,  Juca Varella e Paulo Pinto | Fotos Públicas

A equipe do Fotos Públicas: em sentido horário, Jorge Araújo (à frente), Gilmara Ruas, Victor Sinozaki, André Tambucci, Oswaldo Cornetti, Robson Fernandjes, Rafael Neddermeyer,
Juca Varella e Paulo Pinto | Fotos Públicas

Você já se pegou alguma vez pesquisando à procura de uma imagem na internet, sabendo que era pública, mas teve dificuldades para localizá-la? Ou, quando deu sorte e a encontrou, não conseguiu descobrir informações importantes sobre ela, como, por exemplo, quem era o autor da foto? Ou até mesmo se ela tinha direitos autorais e poderia mesmo ser utilizada?

A partir de situações assim, tão frequentes no imenso oceano de imagens que habitam a internet, um grupo de fotógrafos decidiu ir atrás de soluções, uma vez que eles mesmos cansaram de sofrer no dia a dia com problemas deste tipo. “Se achar uma imagem pública é algo difícil para qualquer um, durante a etapa de finalização de uma edição de jornal isso se torna um grande desafio. Nestas horas, o trabalho envolve muita pressão e tudo precisa ocorrer de modo rápido e sem erros”, explica Juca Varella, 50 anos, fotógrafo com 32 anos de carreira, muitos deles vividos em jornais como “O Estado de S.Paulo” e “Folha de S.Paulo”.

Em agosto de 2013, Varella e outros quatro fotógrafos também experientes uniram seus conhecimentos às técnicas de um designer e de um economista e decidiram colocar em prática uma ideia que já nutriam havia algum tempo. Nascia o site Fotos Públicas (fotospublicas.com), uma iniciativa que reúne, como o nome já explica, imagens produzidas com caráter público, de divulgação, centralizando num único endereço fotos espalhadas em inúmeros sites.

“Na página, é possível encontrar desde imagens produzidas pela Nasa [agência espacial norte-americana], como de órgãos como a Câmara dos Deputados, o Supremo Tribunal Federal, a CBF, entre muitas outras fontes”, explica Varella, para quem o retorno obtido com a página tem se mostrado algo surpreendente.

“A cada mês, nos espantamos com os resultados”, afirma o fotógrafo. Por trás do sucesso da página, está o trabalho de uma equipe responsável por “garimpar” as imagens. São eles que localizam as origens de cada imagem, entram em contato com os autores para se certificar que se trata de uma foto pública, que possa ser compartilhada. “Você nunca verá no site uma imagem apenas com o crédito de divulgação, todas as fotos que disponibilizamos têm origem”, ressalta Varella. Mas para que tudo isso seja realizável, o site conta com patrocinadores.

Mas além de site, o fotógrafo explica que o Fotos Públicas também é uma agência de fotografia, com projetos próprios. Uma parceria firmada com a Liga das Escolas de Samba no último Carnaval, por exemplo, resultou em 2.170 fotos publicadas na página. “Ao todo foram mais de 33 mil visualizações e quase 25 mil downloads, fora o efeito multiplicador das fotos que fizemos”, conclui Varella. Entre os projetos futuros estão fotos artísticas, para empresas e de eventos esportivos.