logo
Estilo de Vida
Estilo de Vida 22/04/2015

Lente de contato tecnológica promete visão noturna

O método ainda é perigoso e está em processo de teste | Divulgação

O método ainda é perigoso e está em processo de teste | Divulgação

Pode parecer coisa de super-herói de histórias em quadrinhos, mas a visão noturna já se tornou realidade para um grupo biohacker da Califórnia. A equipe chamada “Ciência para as Massas” criou lentes de contato que empoderam a pessoa com a habilidade de enxergar as coisas num ambiente totalmente desprovido de luzes, ou seja, escuro.

Essa lente especial tem um componente químico chamado Clorina e6, molécula natural retirada de algum peixe com visão noturna, que viva no fundo do oceano.

Gabriel Lucina, voluntário em um dos testes realizados com as lentes, afirmou que pôde enxergar objetos num raio de 50 metros num ambiente de completa escuridão por várias horas, até que o efeito da substância acabasse. Esse efeito é temporário porque “moléculas como estas são quebradas pelas substâncias do corpo e não duram para sempre”, explica.

Apesar do efeito e da grandiosidade da descoberta, o processo de colocação da lente é complicado. “Em minha opinião, tal experimento é totalmente perigoso”, diz Lucina.

Antes de lançar a tecnologia, os idealizadores ainda vão realizar inúmeros testes para que a lente funcione perfeitamente e não cause danos aos olhos humanos.