Tite exalta maturidade de Neymar antes da partida contra o Peru

Por Metro World News

A maturidade de Neymar, já com 28 anos, foi enaltecida por Tite na segunda-feira (12), na coletiva de imprensa do técnico da Seleção Brasileira, que hoje, às 21h, enfrenta o Peru, no Monumental de Lima, pela 2ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Qatar, em 2022.

“Neymar é homem, não é mais garoto e já tem essa maturidade desenvolvida. Essa situação está cada vez mais em evolução, o que me deixa muito feliz. Em termos técnicos e táticos, ele não é só flecha agora. Tem também a penúltima bola, rompe a marcação”, disse o treinador, falando também da importância tática do camisa 10 na equipe.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Sebrae Outubro

O atacante chegou a ser dúvida no início da competição, mas se recuperou de dores na região lombar e foi confirmado contra os peruanos. “Ele está normal, treinou bem, já sem nenhum problema”, explicou.

Ao lado de Neymar, a equipe brasileira deve ter: Weverton, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Renan Lodi, Casemiro, Douglas Luiz, Philippe Coutinho,  Everton Cebolinha e Roberto Firmino.

Andrés explica opção por Mancini

Depois de perder para o Ceará (2 a 1) e ver o time entrar na zona de rebaixamento do Brasileirão, o Corinthians confirmou Vagner Mancini para o lugar de Tiago Nunes – o time era comandado interinamente por Dyego Coelho há cerca de um mês.

A torcida alvinegra ficou dividida com a escolha e o presidente Andrés Sanchez foi a público listar os motivos da opção pelo então treinador do Atlético-GO.

“Mancini já tem uma história, é vitorioso, fez bons trabalhos, tem muitas notícias do Corinthians e é um cara que acompanha futebol. Ele não é defensivo, não é ofensivo, consegue mesclar. Olhamos o trabalho dele nos últimos tempos”, disse o dirigente, antes de completar: “Espero que venha forte para mudar nossa situação, e também deixar claro que os jogadores devem saber suas responsabilidades. Tomamos uma atitude. Se ganhar você vai falar bem, se perder você vai criticar e dizer que a escolha é errada. Infelizmente, só a vitória interessa nesse país.”

Loading...
Revisa el siguiente artículo