Esporte

Técnico de time espanhol é preso por suspeita de venda de resultado

A denúncia do jogador Cheikh Saad, do Eldense, de que seu time teria vendido o resultado do duelo em que perdeu para o Barcelona B por 12 a 0, pela terceira divisão, segue gerando repercussões na Espanha. Nesta terça-feira, a polícia prendeu o treinador do clube.

Segundo a agência EFE, o italiano Filippo Vito di Pierro foi detido por corrupção. Ele dirige a equipe desde janeiro, quando um grupo empresarial italiano passou a ter controle do Eldense.

Depois da derrota para o Barça B, Saad veio a público e afirmou que ao menos quatro jogadores da equipes, todos espanhóis, e o treinador havia combinado o resultado.

Leia mais:
Após acidente aéreo, Chapecoense só recebeu ajuda financeira do Barça

A denúncia de Saad motivou outros atletas a falarem. Um deles foi o zagueiro Mendy, que, em entrevista a rádio RAC 1, confirmou a participação do treinador no esquema.

“O treinador me perguntou se eu estava dentro, quanto eu queria… E se não quisesse, não jogaria a partida. Me mandaram aquecer quando perdíamos por 5 a 0 e eu disse que não, que não pensava em jogar. Falo porque quero que saibam a verdade. Quem fez errado que pague. Algum dos jogadores que estavam chorando após o jogo estava envolvido nas apostas”, assegurou Mendy.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos