Esporte

Em meio a mudanças, Los Angeles e Paris se candidatam aos Jogos Olímpicos

Los Angeles e Paris apresentaram na terça-feira (04) suas candidaturas para os Jogos Olímpicos de 2024 às federações esportivas internacionais, em meio a dúvidas sobre o processo exato de escolha.

As duas cidades irão fazer campanha até a votação do COI (Comitê Olímpico Internacional) em setembro deste ano, mas o COI agora parece inclinado a decidir as sedes das Olimpíadas de 2024 e 2028 simultaneamente.

Los Angeles, que já recebeu duas edições dos Jogos Olímpicos, a última delas em 1984, exaltou seu plano sem riscos com arenas permanentes já prontas e um projeto de realizar uma Olimpíada financiada totalmente pela iniciativa privada, sem envolvimento ou financiamento do governo.

Leia mais:
Le Monde revela suspeitas de corrupção nos Jogos Olímpicos de 2016
Campeão olímpico, técnico Micale é demitido da base da Seleção

«Não precisamos construir uma única arena permanente nova. Isso é muito importante porque significa um orçamento ‘sem risco, sem surpresas'», disse o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, em um encontro das federações esportivas internacionais.

Segundo ele, se Los Angeles for escolhida a sede dos Jogos, colocará «o poder de nosso mercado esportivo de 250 bilhões de dólares à disposição para os seus esportes».

Os responsáveis pela candidatura de Paris destacaram o plano compacto da cidade, ao mesmo tempo em que apontaram para o fato de ser uma candidatura europeia. Roma, Budapeste e Hamburgo desistiram da candidatura, assustadas pelos custos locais ou por oposição da população aos Jogos.

«Por que Paris agora?», disse a prefeita de Paris, Anne Hidalgo. «Nós acreditamos no esporte. Acreditamos que os Jogos são muito mais do que apenas entretenimento. Acreditamos que o esporte pode mudar o mundo. Paris é uma cidade global… feita para compartilhar».

Paris, que também já sediou duas Olimpíadas, foi sede pela última vez em 1924.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos