Esporte

Após acidente aéreo, Chapecoense só recebeu ajuda financeira do Barça

Em reconstrução depois da tragédia que matou quase todo o elenco em novembro do ano passado, a Chapecoense recebeu ajuda financeira de apenas um clube do futebol mundial. Em entrevista à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre, o presidente do clube, Plínio De Nês, revelou que só o Barcelona auxiliou a equipe.

“Financeiramente, o único clube que ajudou foi o Barcelona e ainda jogaremos no Camp Nou em agosto (Troféu Joam Gamper). Depois, faremos um jogo contra a Roma», disse o dirigente.

Apesar das dificuldades emocionais e financeiras, o clube tem feito um bom início de temporada. Venceu a partida de estreia na Copa Libertadores fora de casa e no momento lidera o returno do Campeonato Catarinense.

Nesta terça-feira, a equipe entra em campo no aguardado duelo pela Recopa Sul-americana, contra o Atlético Nacional, em Chapecó. As duas equipes teriam decidido a Copa Sul-Americana do ano passado, mas a final foi cancelada depois que o avião da Chape caiu nas proximidades de Medellín antes do jogo de ida.

“Chapecó, amanhã, estará em festa por receber nosso irmãos colombianos. Prestaremos uma grande homenagem. Vemos com muita tranquilidade brasileiros e colombianos juntos na Arena Condá. A disputa será apenas dentro de campo”, afirmou.

O duelo de volta entre Chapecoense e Atlético Nacional está marcado para o dia 10 de maio, em Medellín, em mais um jogo que promete grandes homenagens às vítimas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos