Esporte

Leco monta estratégia para ter Calleri por 1 ano e meio

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, já tem a estratégia pronta para repatriar Calleri ao São Paulo.

Ele tenta convencer os investidores, que pagaram R$ 40 milhões para tirar o jogador do Boca Juniors, a emprestarem o atacante de graça. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Bradesco Esportes FM.
Leia também:
Timão passa do Inter e vai às quartas da Copinha

A ideia seria trazer o jogador para ficar por um ano e meio. Assim recuperaria a auto estima do jogador.

Tanto Guillermo, o pai do atacante, quanto o jogador já manifestaram o interesse de voltar ao time do Morumbi.

No São Paulo, nos seis meses em que passou pelo Morumbi, o jogador deixou a melhor das impressões. Terminou o ano como artilheiro do time, com 16 gols em 31 jogos, e foi o artilheiro máximo da Libertadores, com nove gols. Além disso, deu diversas demonstrações de carinho ao clube.

Vale lembrar que Calleri somente fez nove partidas pelo West Ham, da Inglaterra, sendo apenas três como titular. Ele não entra em campo desde o dia 22 de outubro.

O técnico Rogério Ceni espera pela chegada de um camisa 9, e as negociações com o paraguaio Christian Colmán, do Nacional do Paraguai, emperraram.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos