Esporte

Conselheiros exigem que São Paulo rompa com torcidas organizadas

Além da derrota por 2 a 0 para o Atlético Nacional em casa, o São Paulo precisará administrar outro problema nos próximos dias. Dentro do clube, há pressão para que o presidente Leco rompa relações com a Independente, uma das torcidas organizadas do clube, após a confusão causada na última quarta-feira.

A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Bradesco Esportes FM. A reivindicação não parte apenas dos conselheiros, mas também de sócios-torcedores, que ameaçam deixar o programa caso uma atitude não seja tomada.

Segundo relatos, um grupo de uniformizados intimidou, agrediu e assaltou torcedores comuns depois do jogo. Há relatos, inclusive, de são-paulinas que foram assediadas. Houve confronto após reação da Polícia Militar. Nove pessoas foram presas e dezenas ficaram feridas.

Em janeiro, Leco afirmou em entrevista que a diretoria contribui com as facções ao dar ingressos e distribui dinheiro para desfiles no Carnaval. A declaração rendeu ao presidente a ameaça de investigação por parte do Ministério Público.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos