Esporte

Diniz rejeitou o Timão para subir com o Oeste

Fernando Diniz atualmente é técnico do Oeste | Geraldo Bubniak/Folhapress

Um dos principais nomes para assumir o Corinthians após a saída de Tite para a seleção brasileira, Fernando Diniz não quis sequer conversar com a diretoria alvinegra. Tudo por conta do seu compromisso firmado com o Oeste.

Após chegar à final do Campeonato Paulista deste ano, com o Grêmio Osasco Audax, o comandante prometeu que ficaria ‘sob a gestão’ de Mário Teixeira, dono do clube, caso grande parte do elenco continuasse. E foi o que aconteceu.

Com a permanência de Diniz, que rejeitou diversas propostas de grandes clubes, Teixeira fechou uma parceria para emprestar o treinador e o elenco do Audax para o Oeste disputar a Série B. «O Mário só acertou com o Oeste porque o Diniz falou que ficaria», disse uma fonte ao Portal da Band.

Internamente, o técnico garantiu aos dirigentes que ficará no Audax/Oeste até o final do Paulistão de 2017 – e isso pode se prolongar. Se o Oeste conseguir o acesso à elite do Brasileirão, a esperança é que Diniz continue por mais tempo. Sendo assim, comandaria o Audax no Estadual e retornaria ao Rubro-Negro para o nacional.

Leia também:
Por carreira, Sylvinho descarta Corinthians e prefere ficar na Europa
Lesionado, Elias fica fora do Corinthians por dois meses

Mas, e se o Corinthians oferecesse um grande salário e um plano de carreira ao comandante? Isso também não o convenceria. «Ele não sai nem por decreto», garantiu a mesma fonte.

Com estilo peculiar de trabalho, Fernando Diniz gosta de armar as suas equipes para utilizar a posse de bola, muitos passes e movimentação durante os 90 minutos. Chamado de louco por muitos, há dois anos, o treinador agora é o sonho de consumo dos grandes clubes do Brasil.

Com a recusa de Diniz, o Timão voltou as suas atenções ao ex-lateral esquerdo Sylvinho. O auxiliar-técnico da Inter de Milão, no entanto, diz que prefere seguir na Europa. Eduardo Baptista e Abel Braga já tinham rejeitado conversas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos