Esporte

Depois de Luxemburgo, Mano Menezes também deixa o futebol chinês

Mano Menezes deixou o Shandong Luneng |  Divulgação/Shandong Luneng
Mano Menezes deixou o Shandong Luneng |
Divulgação/Shandong Luneng
Mano Menezes não é mais técnico do Shandong Luneng. O técnico, que estava há seis meses, deixou o clube após reunião realizada nesta terça-feira. O clube ocupa a 14ª colocação no Campeonato Chinês.

«Depois de seis meses de trabalho, o que marca é a inédita classificação do clube entre os 8 melhores da Liga dos Campeões Asiática de 2016, que terá suas quartas de finais disputadas no segundo semestre», disse Mano Menezes através de um comunicado.

No time de Mano Menezes está o zagueiro Gil, atualmente na seleção brasileira, que tem contrato de quatro anos, além de Diego Tardelli, Jucilei e Aloísio. O meia Montillo, ex-Santos e Cruzeiro, também atua na equipe chinesa.

No domingo, outro treinador brasileiro que foi demitido do futebol asiático foi Vanderlei Luxemburgo, que deixou o comando do Tianjin Quanjian, que disputa a segunda divisão no futebol chinês.

Comunicado de Mano Menezes:
«Após reunião nesta terça-feira com a presidência do clube, decidimos em consenso, interromper as nossas atividades no Shandong Luneng. Depois de seis meses de trabalho, o que marca é a inédita classificação do clube entre os 8 melhores da Liga dos Campeões Asiática de 2016, que terá suas quartas de finais disputadas no segundo semestre. Agradecemos aos jogadores, ao clube pela oportunidade, à torcida pelo apoio e à imprensa pela cobertura correta e equilibrada da nossa passagem pelo futebol chinês. Sobretudo, desejamos sucesso ao Shandong Luneng na sequência do trabalho!»

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos