Esporte

Doriva conquista segundo estadual seguido e pode repetir Telê

O título carioca conquistado pelo Vasco no último domingo, após a vitória sobre o Botafogo por 2 a 1, no Maracanã, representa um excelente início de carreira para o técnico Doriva, que começou o seu trabalho no Cruzmaltino no neste ano. E parece seguir o caminho de um ex-comandante.

Acostumado com títulos em sua época de jogador – Libertadores e Mundial de Clubes em 1993, Conmebol em 1997, entre outros – o ex-volante trilha o mesmo sucesso, agora como treinador, e pode se igualar a Telê Santana.

O ex-técnico do São Paulo conquistou três títulos nos três primeiros anos de carreira: o Campeonato Carioca pelo Fluminense, em 1969, o Mineiro pelo Atlético-MG, em 1970 e, por fim, o Brasileirão pelo clube mineiro no ano seguinte.

Com apenas 42 anos, Doriva iniciou sua carreira no futebol no último ano, quando dirigiu o Ituano no Campeonato Paulista. No clube interiorano, surpreendeu a todos e levou uma equipe desacreditada ao título estadual, ao vencer o Santos na grande decisão, em dois jogos no Pacaembu. Era o início de uma carreira tão promissora.

Depois de deixar o time de Itu, foi para o Atlético-PR, onde não teve muito sucesso após oito partidas. Com o retorno de Eurico Miranda ao Vasco, o treinador ganhou nova oportunidade, e vem correspondendo bem.

Em pouco menos de cinco meses no clube, já conquistou o título carioca com um elenco modesto, de operários. E ainda precisou contornar diversos problemas no grupo, como o meio-campista Bernardo, criticado pelos torcedores. O jogador, inclusive, chegou a sair de campo chorando na partida diante do Rio Branco-AC, pela Copa do Brasil.

Além disso, o comandante vascaíno entrou para a história do futebol brasileiro ao ser o único técnico a conseguir conquistar os Estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro de forma consecutiva.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos