logo
Esporte
Esporte 28/04/2015

‘Guerrero é prioridade, mas não vivemos dele’, diz diretor do Corinthians

Janikian disse que prioridades são Guerrero e Sheik | Daniel Vorley/AGIF/Folhapress

Janikian disse que prioridades são Guerrero e Sheik | Daniel Vorley/AGIF/Folhapress

O Diretor de Futebol do Corinthians, Sérgio Janikian, confirmou nesta terça-feira, em entrevista ao “Primeiro Tempo”, do Bandsports, a informação trazida por Neto no “Donos da Bola”, de que a prioridade do clube é a renovação de contrato do centroavante Paolo Guerrero, mas ela só deverá acontecer depois que as dívidas com os demais atletas do elenco forem pagas.

“Precisamos primeiro sanar os problemas financeiros que temos com os outros atletas. Apesar de ser o Guerrero, não podemos coloca-lo acima dos demais. Não vivemos só de Guerrero. Todos eles são importantes para o nosso elenco. A renovação com ele é tratada com muita prioridade, mas temos uma obrigação moral de primeiro acertar os direitos econômicos de outros jogadores. Nossa expectativa é de que nos próximos dias a gente tenha a solução para isso”, disse Sérgio.

Além do peruano, o cartola alvinegro também disse torcer para um acerto com Emerson Sheik, que terá seu contrato vencido no dia 31 de julho.

“Gostaria que ele renovasse. O Sheik tem que ser avaliado pela sua história e não por um jogo. Ele cometeu um erro, mas tem uma história muito valorosa conosco. Se depender de mim, ele pendura as chuteiras no Parque São Jorge. As duas prioridades que tenho são Guerrero e Sheik. Farei de tudo para mantê-los aqui”.

Sobre a polêmica com o jovem Malcom, que virou assunto por uma suposta insatisfação do empresário do garoto com a diretoria corintiana, Sérgio alegou que o caso não passou de um mal-entendido.

“A renovação com Malcom já está acertada, os valores estão definidos, ele quer ficar no clube e queremos contar com ele por mais algumas temporadas. No momento da assinatura do documento houve uma confusão, mas espero que já esteja tudo resolvido. A gente espera que nas próximas horas esse assunto esteja resolvido”, afirmou o cartola.

Veja a entrevista na íntegra: