logo
Esporte
Esporte 27/04/2015

Sem jogar, Valdivia ofende árbitro e aparece na súmula

Valdivia foi citado na súmula do árbitro hoje | Reprodução/FPF

Valdivia foi citado na súmula do árbitro | Reprodução/FPF

Valdivia passou a ser a grande dúvida do Palmeiras para a final do Paulistão diante do Santos, no próximo domingo, na Vila Belmiro. Mesmo sem jogar, ele entrou na súmula do árbitro Vinicius Furlan na vitória por 1 a 0, domingo, no Allianz Parque.

O juiz relatou que o chileno o ofendeu no acesso aos vestiários, no intervalo da partida, e o teria chamado de “ladrão”.

Na súmula, o juiz escreveu: “Informo que no túnel de acesso aos vestiários, no intervalo de jogo, o senhor Jorge Luis Valdivia Toro, número 10, conforme a relação de jogadores da equipe do S. E. Palmeiras, se dirigiu à equipe de arbitragem e proferiu o seguinte: “Uma vergonha essa arbitragem, uma vergonha, arbitragem de ladrão”.

Agora, o procurador-geral do TJD, Antônio Carlos Mecca, promete analisar a situação. “A súmula ainda não chegou as nossas mãos. Assim que isso acontecer, vamos passar para um procurador analisar se a denúncia vai a julgamento”, disse em entrevista ao Portal da Band.

Ele ainda não descartou a possibilidade de o meia alviverde estar em campo, uma vez que o julgamento pode acontecer antes. “Todos os julgamentos são realizados às segundas-feiras, mas pode ser antecipado. Isso vai depender mais do presidente do TJD, desde que haja tempo para a intimação e prazo para a defesa”, explicou.

Se for punido, não joga domingo, na Vila Belmiro. Ele não atuou ontem por conta de uma contusão no joelho esquerdo, que o tirou do treino de sexta-feira, mas no dia seguinte trabalhou e criou-se uma grande incógnita.

A súmula vai para a secretaria do órgão, que indica um procurador para analisar o documento. É ele quem determina se será feita uma denúncia ou não contra o jogador. Se a denúncia for feita, é marcado o julgamento. O clube, então, é citado e pode tentar, por exemplo, o adiamento do julgamento.

O Palmeiras jogará pelo empate no domingo, na Vila Belmiro. O Santos precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Se o Peixe ganhar por um de vantagem, a decisão será nos pênaltis.