logo
Esporte
Esporte 24/04/2015

Fifa suspende Jobson por 4 anos e atacante está fora da final no Rio

Jobson foi suspenso por quatro anos pela Fifa nesta sexta | Vitor Silva/SSPress

Jobson foi suspenso por quatro anos pela Fifa nesta sexta | Vitor Silva/SSPress

O presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, Fernando Antonio Solera, contestou a versão do atacante Jobson sobre o caso de doping na Arábia Saudita e se endossou o posicionamento da Fifa, que suspendeu o jogador do Botafogo por quatro anos.

Jobson alegou que não foi avisado de que deveria passar pelo antidoping em março do ano passado, em uma partida pelo Al-Ittihad. No entanto, de acordo com Solera, documentos assinados pelo jogador provam o contrário.

“Eu fiz toda uma pesquisa pra saber o que havia acontecido. A comunicação existe a partir do momento em que o atleta é sorteado e assina um documento. Tudo isso existiu e foi feito de acordo com o controle de doping da Fifa. A alegação dele é de que não foi informado, mas eu acredito no trabalho da comissão”, disse o dirigente em entrevista ao repórter Wellington Campos, da Rádio Bradesco Esportes FM Rio.

“A Fifa demorou de setembro até agora pra fechar o assunto, foi extremamente estudado e conferido. Pra nós da CBF, não há contraditório nenhum. Houve um desrespeito ao controle de doping e foi aplicada a pena”, completou.

Solera ainda lamentou mais uma suspensão de Jobson e disse que esperava uma postura diferente por parte do jogador após a primeira punição, em 2009.