logo
Esporte
Esporte 23/04/2015

Vice do São Paulo descarta Luxemburgo e espera por Sabella

Ataíde Gil Guerreiro diz aguardar Sabella até o dia 24 | Marcelo D'Sants/Frame/Folhapress

Ataíde Gil Guerreiro diz aguardar Sabella até o dia 24 | Marcelo D’Sants/Frame/Folhapress

Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol do São Paulo, voltou a afirmar que o clube não tem interesse em contratar Vanderlei Luxemburgo, atualmente no Flamengo. O dirigente também declarou em entrevista ao programa Primeiro Tempo, do Bandsports, que o Tricolor sequer fez algum tipo de contato com o treinador.

“Luxemburgo não está nos nossos planos, não estou conversando com ele. É um excelente técnico, mas dentro do projeto que estamos querendo implantar, não estamos pensando nele. Luxemburgo tem um currículo excepcional, mas no exato momento não é aquilo que o São Paulo tem interesse”, disse Ataíde.

O nome do treinador do Flamengo surgiu com força logo após a saída de Muricy Ramalho, ao lado de Abel Braga e Alejandro Sabella. Mas a divergência de interesses entre os mandatários do clube parece ter afastado o técnico de um acerto. O presidente Carlos Miguel Aidar e alguns de seus conselheiros são favoráveis à contratação de Vanderlei Luxemburgo, porém, Ataíde Gil Guerreiro já mostrou algumas vezes ser contrário à escolha.

O vice do São Paulo aproveitou a oportunidade para defender o argentino Alejandro Sabella, que segundo ele, está sofrendo injustiça da imprensa.

“O Sabella é um sujeito excepcional. Ele me disse que seu projeto de vida é treinar um grande time da Inglaterra. Ele me disse: “Eu tenho que definir isso até o dia 24 (de abril). Vamos esperar até esse dia, se eu não acertar com os ingleses, nós conversamos”. Eu que o convenci a conversar comigo antes do dia 24. Isso vazou e aí parece que ele está esnobando o clube. Ele está muito chateado”, esclareceu o cartola Tricolor.

Por fim, Ataíde Gil Guerreiro comemorou a vitória do time do Morumbi sobre o Corinthians, que classificou a equipe para o mata-mata da Libertadores.

“O São Paulo jogou com determinação, com espírito de vitória. Como dizem, jogou com a faca nos dentes. Os times vivem ciclos. Às vezes entram em uma boa fase e começam a ganhar e de vez em quando por alguma razão entram em decadência, mas logo se recuperam e o São Paulo está nessa fase de recuperação. Eu acredito que ainda vamos muito longe com esse elenco”, finalizou.