logo
Esporte
Esporte 19/04/2015

Com golaço de Geuvânio, Santos elimina o São Paulo e está na final

Santistas comemoram o golaço de Geuvânio | Eduardo Knapp/Folhapress

Santistas comemoram o golaço de Geuvânio | Eduardo Knapp/Folhapress

O Santos confirmou o favoritismo diante do São Paulo e garantiu a segunda vaga na decisão do Campeonato Paulista. Na Vila Belmiro, o Peixe venceu por 2 a 1 avançou à final do estadual pelo 7º ano consecutivo.

Apesar de dominar a posse de bola na primeira etapa com 61% do tempo, o São Paulo só teve uma boa chance para abrir o placar aos 13 minutos, com o chute de Denílson que passou perto da meta de Vladimir.

O Santos criou a primeira oportunidade aos 16. Robinho invadiu a área e finalizou com força. Rogério Ceni apareceu bem e afastou o perigo. Mais ligado no jogo, o Peixe melhorou abriu o placar aos 35 minutos com um golaço. Geuvânio arrancou do campo de defesa e soltou uma bomba da entrada da área sem chances para Ceni.

Depois do gol, o jogador sentiu tontura e chegou a vomitar, lembrando o que costuma acontecer com o argentino Lionel Messi em alguns jogos.

Na segunda etapa, o Tricolor teve chance para empatar aos 3 minutos, mas Pato não aproveitou a sobra e mandou na rede pelo lado de fora. O Santos respondeu aos 29 com a bola na trave de Ricardo Oliveira, mas no minuto seguinte ele não perdoou.

Cicinho arrancou sozinho e passou para Chiquinho, que cruzou para o camisa 9 completar para a rede e praticamente definir a classificação.

Aos 41, o São Paulo ainda descontou com Luis Fabiano, o primeiro gol da equipe em clássicos na temporada em 5 jogos, mas não foi suficiente para buscar a reação.

A decisão entre Santos e Palmeiras deve acontecer nos dois próximos domingos. A Federação Paulista de Futebol ainda vai confirmar os mandos de campo, mas a tendência é que o primeiro jogo seja disputado no Allianz Parque, no dia 26, e a volta na Vila Belmiro, no dia 3 de maio. O Santos tem melhor campanha e por isso vai decidir em casa.