logo
Esporte
Esporte 15/04/2015

Fred é suspenso pelo TJD-RJ e desfalca o Flu na semifinal

Fred pode estar de saída do Fluminense | Bruno Haddad/Fluminense F.C.

Fred pode estar de saída do Fluminense | Bruno Haddad/Fluminense F.C.

O TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro) decidiu nesta quarta-feira pela punição de Fred por dois jogos por contas das falas do atacante feitas contra a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), com isso o jogador do Fluminense está fora da partida de volta da semifinal contra o Botafogo, neste sábado.

Fred foi enquadrado artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala sobre “Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”, com pena prevista de uma a seis partidas de suspensão. O atacante foi denunciado pelas declarações que deu após o clássico Fla-Flu, quando foi expulso.

Quem defendeu o jogador foi o vice-presidente do Fluminense, Mario Bittencourt. Fred não esteve presente no julgamento, fato lembrado pelos auditores do caso. Ele tentou defender o atacante comparando as suas declarações com a de Emerson Sheik, quando ainda atuava pelo Botafogo, no ano passado, e lembrando que o próprio presidente da Ferj disse no dia seguinte ao jogo que considerava elas normais. Não adiantou.

O tribunal entendeu que que Fred foi “infeliz no momento da declaração, calor do jogo, da emoção. As palavras logo após a expulsão não gerariam denúncia, mas ele toma banho, se acalma, e dá outra declaração. A gente não pode permitir que o descrédito seja passado para a torcida”.

Com a decisão, Fred foi condenado a dois jogos de suspensão, mas com detração, isso quer dizer que como já cumpriu a suspensão automática, contra o Madureira, ele só fica fora do jogo contra o Botafogo. Caso o Flu avance para a final, ele está livre para atuar.

Atlético-PR apresenta o atacante Walter, ex-Flu

Walter assinou com o Atlético-PR por um ano Foto: Divulgação/Atlético-PR

Walter assinou com o Atlético-PR por um ano
Foto: Divulgação/Atlético-PR

O Atlético-PR apresentou o atacante Walter, ex-Fluminense. O jogador de 25 anos era esperado no CT do clube na terça e não apareceu, gerando apreensão na torcida. No entanto, nesta quarta-feira, ele entrou no gramado da Arena da Baixada antes do duelo com o Remo, pela Copa do Brasil, vestindo a camisa rubro-negra. O vínculo entre a equipe e o atleta é de um ano.

“O mais importante é que estou feliz. Vim para um time que eu queria. Todos que estão aqui me queriam também e isto é importante. Eu vi o Atlético Paranaense mais interessado, querendo mais. E tem um grande treinador, que me conhece muito bem”, disse Walter ao site do Atlético-PR.

O atacante volta a trabalhar com o técnico Enderson Moreira, que o comando no Goiás, em 2013, ano em que foi escolhido para a seleção do Campeonato Brasileiro.

Além de Fluminense e Goiás, Walter também defendeu Internacional, Cruzeiro e Porto na carreira.