logo
Esporte
Esporte 15/04/2015

Fora de casa, Barcelona faz 3 a 1 e detona o Paris Saint-Germain

Dois dos clubes de futebol mais ricos do planeta, Barcelona (faturamento anual de 539 milhões de euros) e Paris Saint-Germain (490 milhões de euros, no mesmo período) entraram no gramado do Parque dos Príncipes, em Paris, na França, para um legítimo “clássico dos milhões”, recheado de estrelas, e para um tira-teima na Liga dos Campeões. Nas duas vezes em que jogaram, na fase de grupos desta edição, cada um deles tinha derrotado o outro em casa. Só que desta vez o PSG levou um banho de bola. Perdeu por 3 a 1 e, agora, terá de reverter o resultado na semana que vem quando visitará os rivais. “Fomos desorganizados e deixamos muitos espaços contra uma equipe que tem atacantes muito habilidosos e pagamos caro”, disse o brasileiro Maxwell, logo após o jogo. “Ficou difícil, mas ainda temos de acreditar”.

A partida em Paris, começou com o Barcelona controlando o jogo, sempre com mais posse de bola e marcando pressão. Em um raro contra-ataque bem encaixado, coube aos franceses criarem a primeira boa chance, com Pastore dentro da área, furando um passe de Matuidi. Cinco minutos depois, o Barça respondeu, com um chute de fora da área de Messi, que explodiu na trave direita de Sirigu. Foi um prenúncio de que o gol dos catalães estava maduro. E ele aconteceu aos 18 minutos: a defesa do PSG cochilou e — por incrível que pareça –, sem marcação alguma, Messi avançou para o ataque parisiense. Deu um passe preciso para Neymar, que avançava pela esquerda e o brasileiro deu um chute bem colocado e abriu o placar. Depois foi comemorar com a bola sob a camiseta imitando uma mulher grávida.

O jogo, que até então corria apenas em um sentido, ficou mais aberto. Com David Luiz no lugar de Thiago Silva, que saiu machucado, com problemas musculares, logo depois do gol, o PSG foi para o tudo ou nada. Ainda no primeiro tempo, os franceses tiveram duas ocasiões para empatar, com o uruguaio Cavani. Ele foi mal em ambas (furou na primeira, foi travado por Mascherano, na segunda). No segundo tempo, eles decidiram arriscar-se mais – e pagaram caro. Depois de uma nova bobeada na defesa, do PSG, Luis Suárez avançou com a bola nos pés, driblou os brasileiros David Luiz, Marquinhos e Maxwell e bateu, sem chances para Sirigu.

Com 2 a 0 contra si e mais um brasileiro em campo, Lucas Moura em campo, os franceses partiram para o ataque, de forma atabalhoada. Com isso, deram ainda mais espaços para o Barcelona. E isso custou caro. Em um contra-ataque, outra vez Suárez foi letal: enfiou a bola por debaixo das pernas de David Luiz e fuzilou para as redes para fazer 3 a 0. O PSG ainda marcou seu gol de honra, minutos depois, em um chute de fora da área do lateral Van der Viel, que desviou na defesa.

Político, o técnico do Barcelona, Luis Enrique garante que “tudo continua difícil como antes”. Do lado dos franceses, Laurent Blanc, o técnico do PSG, tentava não jogara toalha. “Pelo menos teremos a volta de Ibrahimovic e Verratti, que estavam suspensos para esta partida”, disse Blanc, logo depois do jogo. Apesar do reforço, ele próprio reconhece que bater um time poderoso, como o Barça, por três gols de diferença, ainda por cima fora de casa, é o que se pode chamar de uma missão quase impossível.

Neymar, papai de novo?
Depois das caretas e da polêmica causada com seu nítido desagrado após a substituição contra o Sevilha, pelo Campeonato Espanhol, Neymar teve uma noite inesquecível em Paris. Marcou o primeiro gol de seu time. E na comemoração deu uma pista de que um bebê pode estar a caminho. Na comemoração, o brasileiro colocou a bola debaixo da camiseta, simulando a barriga de uma mulher grávida, enquanto simulava uma chupeta com o polegar direito. Depois do jogo, o brasileiro não comentou o assunto.

Via redes sociais, a irmã de Neymar, Rafaella, comentou que a comemoração foi para dois amigos do craque, que serão pais em breve: Guilherme Pitta e Thiago Gagliasso, irmão do ator Bruno Gagliasso.

Neymar, via Instagram, falou sobre o assunto: “grande vitória hoje, parabéns rapaziada !!!! Gol de hoje dedicado aos meus amigos que vão ser papai @guipitta_ e @thigagliasso parabéns irmãos, agora vocês vão saber o que é um amor inexplicável!!! Tamo junto”.

[metrogallerymaker id=”647″]

Porto abre boa vantagem sobre o Bayern

O Porto fez valer o fator casa e abriu boa vantagem sobre o Bayern de Munique nas quartas da Liga dos Campeões. Jogando no Estádio do Dragão, o time português aproveitou as falhas defensivas do rival, que jogou desfalcado de Schweinsteiger e Ribèry, e venceu por 3 a 1.

A equipe mandante abriu o placar logo ao três minutos de jogo, após pênalti de Neuer no atacante Jackson Martinez. Quaresma bateu rasteiro e fez 1 a 0. Seis minutos depois, o português voltou a balançar as redes. Ele roubou a bola do brasileiro Dante e invadiu a área para marcar o segundo do Porto.

O Bayern de Munique descontou aos 28 da etapa inicial com Thiago Alcântara. O brasileiro naturalizado espanhol aproveitou cruzamento de Boateng e diminuiu o marcador.

Na etapa final, o Porto aproveitou nova falha da defesa bávara e ampliou a vantagem. Boateng errou o tempo de bola e deixou Jackson Martinez livre para driblar Neuer e decretar a vitória por 3 a 1

O jogo de volta será na próxima terça-feira, na casa do Bayern. Como marcou fora, o time alemão avança à semi no tempo normal com uma vitória por 2 a 0. Já o Porto pode até perder por um gol de diferença para garantir a vaga.