logo
Esporte
Esporte 11/04/2015

Presidente quer ajuda da torcida para reconstruir a Portuguesa

| Adriana Spaca / Brazil Photo Press/Folhapress

Portuguesa foi rebaixada no Campeonato Paulista | Adriana Spaca / Brazil Photo Press/Folhapress

Depois do rebaixamento à Série A2 do Campeonato Paulista, confirmado na última quarta-feira, a Portuguesa já deu inicio à sua reformulação. Através do seu Facebook, o clube do Canindé anunciou a primeira edição do Simpósio, que discutirá propostas para o futuro da Lusa.

“A nossa ideia é ouvir os torcedores, saber o que eles acham, o que podemos fazer, melhorar… essas coisas. O simpósio servirá para ouvirmos a torcida”, disse o presidente Jorge Manuel Gonçalves, ao Portal da Band.

O evento, curiosamente, está marcado para o dia 25 de abril, data da Revolução dos Cravos – movimento que derrubou o regime salazarista em Portugal, no ano de 1974, e promoveu transformações sociais no país. No entanto, o fato não passa de uma coincidência. E feliz, de acordo com o dirigente.

“Não tinha reparado. Foi uma feliz coincidência (risos). A gente queria fazer o mais rapidamente possível e por isso escolhemos essa data. Que bom pensar que, assim como na revolução, a Portuguesa pode ter um recomeço”, afirmou.

Corrida contra o tempo

Sem técnico desde a saída de Aílton Silva, na última segunda-feira, e prestes a perder alguns atletas por final de contrato, a Lusa corre contra o tempo para planejar a equipe para a Copa do Brasil e Série C do Campeonato Brasileiro. Gonçalves garante que já começou a pensar no futuro rubro-verde a curto prazo.

“Estamos correndo contra o tempo. Pedi para o vice de futebol (Roberto Fonseca Jr.) para ir ao Canindé na segunda-feira. Antes mesmo do jogo contra o São Paulo, na terça-feira, já tínhamos conversado sobre a necessidade de fazer um planejamento, os custos envolvidos, o perfil dos atletas que vamos precisar, do técnico. Vamos avaliar os nomes para não errar”, declarou.

As decisões, entretanto, ainda não foram tomadas justamente porque o mandatário lusitano ainda não sabe quem comandará o departamento de futebol do clube.

A reportagem do Portal da Band apurou que Roberto Fonseca Jr. abandonará a vice-presidência de futebol da Lusa. Jorge, no entanto, desconversou e prometeu tomar uma decisão somente na próxima semana.

“Ele não me disse nada [sobre entregar o cargo). Cada um faz o que quer. Ele se empenhou durante o Paulistão, mas prefiro conversar com ele e com os demais dirigentes antes de tomar qualquer atitude”, salientou.

Profissionalização sim

Apesar de ainda não ter uma decisão quanto ao comando do futebol rubro-verde, Jorge Manuel Gonçalves tem a intenção de contratar um gerente remunerado, mas sabe das dificuldades por conta da situação financeira do clube.

“Entendo que temos de ir ao máximo para profissionalizar todos os setores do clube. Na minha opinião, um gerente de futebol é muito importante para uma estrutura e penso em colocar um para auxiliar a vice-presidência, mas claro que esbarramos na questão orçamentária”, concluiu.