logo
Esporte
Esporte 09/04/2015

Partida de futebol é reiniciada por erro de árbitro pela primeira vez

Primeira partida teve pênalti polêmico na Irlanda do Norte | Reprodução

Primeira partida teve pênalti polêmico na Irlanda do Norte | Reprodução

A Uefa abriu um precedente perigoso no futebol mundial nesta quinta-feira. A entidade que controla o esporte na Europa ordenou que a partida entre Inglaterra e Noruega – ocorrida no último sábado, com vitória norueguesa por 2 a 1 –, válida pela Eliminatórias da Eurocopa Feminina Sub-19, fosse reiniciada. O motivo: um erro cometido pela arbitragem. Com o novo término, a Inglaterra empatou o confronto por 2 a 2 e as duas equipes asseguraram classificação para a competição. Foi a primeira vez na história que um jogo já encerrado foi reiniciado.

A polêmica aconteceu quando a árbitra alemã Marija Kurtes não ordenou a repetição de uma cobrança de pênalti após invasão de área, já nos acréscimos do 2º tempo.

A inglesa Leah Williamson converteu a cobrança que daria o empate às britânicas. Mas a arbitragem assinalou tiro livre para a Noruega – ao contrário do que manda a regra. Após protestos da Federação de Futebol da Inglaterra, a partida foi reiniciada na noite desta quinta, em Belfast, na Irlanda do Norte, com outra pessoa no comando do apito.