logo
Esporte
Esporte 09/04/2015

Árbitros do Paulistão terão mesmos patrocinadores do Palmeiras

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, observa a camisa da arbitragem paulista | Rodrigo Corsi/FPF

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, observa a camisa da arbitragem paulista | Rodrigo Corsi/FPF

Nesta segunda-feira a FPF (Federação Paulista de Futebol) anunciou que fechou patrocínio para o uniforme de seus árbitros para a fase final do Campeonato Paulista. No entanto, o logo que será estampado nas camisas é dos mesmos parceiros do Palmeiras, que se apressou para emitir uma nota oficial se defendendo sobre um possível favorecimento.

A FPF fechou acordo com a FAM (Faculdade das Américas) e Crefisa, mesmas empresas que patrocinam o Palmeiras. No Regulamento Internacional de Arbitragem da Fifa, a entidade que controla o futebol permite o anúncio no uniforme da arbitragem com algumas ressalvas.

No artigo 15 do regulamento é dito que o patrocínio deverá ocupar apenas as mangas, deixando a frente da camisa livre de publicidade, ficando disponível apenas para escudos oficiais ou emblema da Fifa. O patrocínio fechado pela federação terá a FAM estampada nas mangas e a Crefisa no peito e nas costas.

O maior problema, no entanto, é que a Fifa proíbe o patrocínio de instituições que já façam isso com clubes de futebol, pois acabaria gerando um conflito de interesses. Exatamente o que acontece agora.

A reportagem do Portal da Band tentou entar em contato com o Coronel Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, mas foi informada de que ele estava em reunião.

Na nota, o Palmeiras diz que respeita as decisões do parceiro e que falar em eventual favorecimento é um desrespeito ao clube. Confira a nora na íntegra:

Com relação ao patrocínio da Crefisa e da Faculdade das Américas – FAM no uniforme dos árbitros nas finais do Campeonato Paulista, a Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público para manifestar o seguinte:

1) Respeitamos o direito dos nossos parceiros de promoverem acordos comerciais e de patrocínios com quaisquer entidades do seu interesse, sejam elas esportivas ou não.

2) Qualquer ilação que se faça entre o negócio e um eventual favorecimento ao Palmeiras no campeonato é um desrespeito inaceitável ao nosso clube, aos nossos jogadores, à Federação Paulista de Futebol, à Crefisa, à FAM e aos torcedores.

Logo da Crefisa está no peito da camisa da arbitragem | Rodrigo Corsi/FPF

Logo da Crefisa está no peito da camisa da arbitragem | Rodrigo Corsi/FPF

[poll id=”417″]