logo
Esporte
Esporte 01/04/2015

Em jogo centenário, Corinthians goleia o Danubio e fica perto da vaga

Goleada deixa o Corinthians a um ponto da vaga nas oitavas | Friedemann Vogel/Getty Images

Goleada deixa o Corinthians a um ponto da vaga nas oitavas | Friedemann Vogel/Getty Images

É do Corinthians o melhor futebol apresentado por uma equipe do futebol brasileiro. E na noite desta quarta-feira, em sua arena, contra o Danubio, em seu 100º jogo na Libertadores, o time fez mais uma exibição de encher os olhos de seus torcedores. Sem dificuldades, o Timão goleou por 4 a 0 e encaminhou a sua classificação para a próxima fase da competição.

O Danubio até tentou pressionar o Corinthians em seu campo de ataque no início da partida, mas o alvinegro soube lidar bem com a situação e explorava os contra-ataques muito bem. Em pouco tempo, porém, os donos da casa já haviam tomado o controle do jogo. Assim, o gol não tardaria a chegar.

Leia também
• San Lorenzo vence e complica o São Paulo na Libertadores

E veio aos 26 minutos, em uma cobrança de falta magistral de Jadson da entrada da área do lado esquerdo. Ele cobrou por cima da barreira e acertou o ângulo. No lance da falta, o volante Elias teria sido vítima de insultos racistas por parte de um jogador uruguaio.

A vantagem só trouxe mais tranquilidade para o Corinthians, que chegou ao segundo gol pouco tempo depois. Aos 33, em uma bela triangulação de Jadson e Elias, o volante cruzou na medida para Guererro marcar seu primeiro no jogo.

Com menos de um minuto do segundo tempo Guerrero marcou o seu segundo gol. Renato Augusto achou Emerson Sheik na esquerda. Ele cruzou e o peruano acertou um belo voleio para fazer 3 a 0.

O Corinthians era o senhor do jogo e mesmo com os 3 a 0, o time não abdicava do ataque. O Danubio não tinha outra escolha a fazer a não ser se fechar para tentar evitar uma goleada. Mas o placar ainda foi aumentado aos 22, novamente com Guerrero, aproveitando um cruzamento da direita de Jadson e vencendo a disputa de bola com o zagueiro uruguaio.

O Danubio não assustou o Corinthians nenhuma vez, e o Corinthians seguia com o time todo em seu campo de ataque, por pouco não ampliando ainda mais o resultado de um jogo em que sobrou e reafirmou a condição de favorito a conquista da Libertadores. No final da partida o Danubio ainda perdeu o zagueiro De Los Santos expulso.

O resultado mantém o Corinthians com 100% de aproveitamento, mas com 12 pontos, ainda pode ser alcançado por San Lorenzo e São Paulo, com quem joga nas últimas rodadas, Basta um empate para o Timão se classificar. O Danubio deu adeus a Libertadores sem ainda ter vencido uma partida sequer.

Elias diz ter sido alvo de racismo

Volante do Corinthians, Elias diz ter sido chamado de “macaco” pelo zagueiro Cristian González durante a partida contra o Danubio, na Arena, pela quarta rodada da Libertadores. O ato de racismo aconteceu após uma falta na entrada da área do time uruguaio, que na sequência foi convertida por Jadson no gol que abriu o placar para a vitória por 4 a 0 do Timão.

“Fui (chamado de macaco), mas deixa para lá”, confirmou Elias na saída para o intervalo. O jogador do Corinthians não quis se prolongar no assunto para se concentrar no segundo tempo da partida.