Esporte

Lais afirma que voltará a andar e reclama de rótulo ‘atleta gay’

A ex-ginasta e atleta de esqui Lais Souza disse que ainda voltará a andar e mostrou irritação com rótulos como “atleta-gay” que recebeu depois de revelar que é bissexual. Em entrevista à Revista Glamour, a brasileira falou sobre o acidente e os rumos que sua vida seguiu.

“Tatuei no meu punho um cadeirante se levantando – símbolo do Miami Project e que sou eu! Tenho certeza de que vou voltar a andar», afirmou.

“Desde que sofri o acidente, ganhei muitos rótulos. Primeiro, era a atleta acidentada. Depois, a atleta paraplégica. Agora, sou a atleta gay. Eu sou “só” a Lais Souza! Por que minha opção sexual tem que ser manchete?! Quebrei o pescoço, poxa! A gente precisa de manchetes pra isso, para que cada vez existam mais pesquisas que me tirem dessa cadeira!», disse Laís.

A atleta quebrou o pescoço e lesionou a terceira vértebra (C3) da coluna cervical, que sofreu deslocamento e comprimiu as outras. Laís também teve uma lesão medular completa.

“Só fui acordar dentro do helicóptero, já recebendo os primeiros socorros. Vomitava muito. Acabei engolindo e aspirando vômito, o que mais tarde descobri ter agravado meus problemas respiratórios. Apesar do susto e do mal-estar extremo, ali já percebi que tinha alguma coisa errada comigo: não conseguia mexer o corpo. Meu quadro era desolador”, contou.

Depois do acidente, a ex-ginasta passou seis meses no hospital. Atualmente, ela não mexe os órgãos abaixo do pescoço. Apesar disso, Lais garante que sua vida afetiva continua normal, mas não é seu foco agora.

“Sou bissexual e todo mundo sempre soube disso em casa – mas as pessoas em geral só souberam agora, porque acabei deixando escapar numa entrevista. Nunca achei importante falar publicamente disso. O que tem demais eu já ter namorado homens e mulheres? Como disse, quando sofri o acidente estava começando um relacionamento com uma mulher, só que o namoro acabou já no início da recuperação. Preciso focar em melhorar”, finalizou.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos