Esporte

Corinthians prioriza Guerrero e deixa Love em segundo plano

No que depender da diretoria do Corinthians, o dono da camisa 9 na temporada 2015 continuará sendo o peruano Paolo Guerrero. A renovação do contrato do atacante – que expira no dia 15 de julho –, inclusive, está adiantada, de acordo com o diretor de futebol alvinegro, Ronaldo Ximenes.

“A possibilidade continua muito grande. O Guerrero quer ficar e nós queremos que ele fique. O primeiro passo foi dado, que é a vontade mútua das partes e agora precisamos chegar a um número que seja bom para o Corinthians e para ele. Nós não vamos pagar mais do que o Corinthians pode”, disse o dirigente à Rádio Bandeirantes.

A negociação, que se arrasta desde o fim do ano passado, não foi concluída porque clube e jogador não chegaram em consenso sobre valores. O atleta pediu R$ 18 milhões em luvas, enquanto a contraproposta do Corinthians foi de R$ 13 milhões. Um aumento de salário também foi pedido.

Por essa razão, surgiram rumores de outros nomes para o ataque do Timão. Em processo de saída do Shandong Luneng, da China, Vagner Love é a bola da vez. O Artilheiro do Amor é sonho antigo no Parque São Jorge: em 2005, ele foi “apresentado” como reforço mesmo sem nada acertado.

Ximenes, contudo, descartou, por ora, a contratação de Vagner Love.

“Não existe possibilidade hoje, de falarmos em nenhum nome. Ele está livre, mas temos que ver se é conveniente. As oportunidades surgem e tenho certeza que surgirá uma série de outras no decorrer do tempo, mas todas elas precisam ser convenientes sob vários aspectos, não só no financeiro, mas no técnico e de idade.”

O cartola também negou que Hernane, ex-Flamengo, tenha sido oferecido. O Brocador também foi ventilado como possível contratação.

Susto na defesa

O zagueiro Edu Dracena assustou o departamento médico do Timão na manhã desta terça-feira. O atleta torceu o tornozelo direito durante o treino. Contudo, a lesão foi considerada leve e o defensor pode voltar a treinar nesta quarta.

Domingo o clube encara o Marília, em casa, pela estreia do Paulistão.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos