Esporte

Corinthians e São Paulo farão Majestoso por Paulinho

Corinthians e São Paulo podem ser rivais na fase de grupos da Taça Libertadores de 2015. Mas, antes mesmo de a bola rolar na próxima temporada, os rivais devem travar um clássico fora das quatro linhas. Timão e Tricolor estão de olho no volante Paulinho, que pode deixar o Tottenham, da Inglaterra, para voltar ao futebol brasileiro. O ex-jogador do Corinthians está em baixa no time da capital inglesa, onde é reserva e atuou em apenas cinco partidas na atual temporada.

De acordo com o jornal inglês “Daily Mirror”, o São Paulo foi o primeiro a sondar Paulinho. Contudo, o Tricolor esbarrou na questão financeira – o volante recebe cerca de R$ 220 mil mensais em Londres – e na identificação do atleta com o Parque São Jorge.

Oficialmente, o clube do Morumbi nega que tenha procurado: “Não tem nada. Zero. Nunca pensamos em contratá-lo”, afirmou o gerente de futebol Gustavo Vieira de Oliveira ao “Globoesporte.com”.

Por outro lado, o Corinthians enfrentaria, além do próprio Tricolor, o Internacional. O clube gaúcho já teria se movimentado para contratar o jogador, que foi titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo deste ano, oferecendo salário alto. Mas não a ponto de preocupar o Timão.

“Paulinho tem as portas abertas aqui para quando quiser, internamente é queridíssimo, e pela torcida também. O dia que formos competir com o Inter não será a parte financeira que mudará a cabeça dele, não acredito que o Inter seria adversário para nós”, disse o gerente de futebol alvinegro, Edu Gaspar, ao jornal “Lance!”.

Corintianos esquecem do Tolima na Libertadores

A possibilidade de disputar a primeira fase da Taça Libertadores para chegar à fase de grupos não assusta o Corinthians, que, em 2011 foi derrotado pelo desconhecido Tolima (COL) e foi eliminado na etapa preliminar.

“O que aconteceu contra o Tolima vai servir de lição. Se tivermos mesmo de jogar essa fase da Libertadores, não vamos deixar escapar”, disse o meia Renato Augusto.

Para avançar direto à fase de grupos, o Timão precisa terminar o Campeonato Brasileiro em 3º lugar. O alvinegro disputa o posto com o Internacional – também já classificado para o torneio.

Quem ficar em 3º vai para o Grupo 4, encabeçado pelo Emelec. Quem ficar em 4º no nacional, disputa uma vaga no Grupo 2 (que tem São Paulo e San Lorenzo) com um time da Colômbia.

‘Grupo da morte’ não causa preocupação no São Paulo

Dos brasileiros que jogarão a Taça Libertadores em 2015, o São Paulo caiu na chave mais complicada. O Tricolor está no Grupo 2, junto com San Lorenzo, atual campeão, Danubio – campeão uruguaio – e, provavelmente, um brasileiro, que poderá ser Corinthians ou Internacional. Isso, contudo, não preocupa os jogadores do Tricolor.

“Foi bom, muito bom ter caído em um grupo muito forte. Acho que é o pensamento de montar um time muito forte que não sirva só para Libertadores e, sim, para Paulista e Brasileiro também. Acho que isso pode mexer também com o lado das pessoas que precisam trabalhar na montagem desse time. Por isso foi extremamente favorável”, disse o goleiro e capitão Rogério Ceni, que renovou contrato para atuar no torneio sul-americano.

“O grupo é bom. É o grupo que, se eu pudesse, escolheria. São bons jogos, importantes e difíceis. O fator positivo são as viagens próximas. Não tem jogo fácil. O São Paulo tem muita tradição. As equipes que estão olhando esse grupo também vão temer o São Paulo”, disse o volante Souza.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos