Entretenimento

Remake de Elas por Elas: outra novela de Cassiano Gabus Mendes amargou na audiência

Em 1983, a Globo sofreu com uma outra história criada pelo autor da versão original da atual trama das 18 horas

Remake de Elas por Elas: outra novela da Globo foi pelo mesmo caminha da adaptação

Elas por Elas foi um grande sucesso da Globo em 1982, quando a novela ocupava o horário das 19 horas, mas o remake da trama protagonizada por sete mulheres virou um problema para o canal, que amarga com resultados abaixo da média, ao ser exibida às 18 horas.

Com uma história repleta de mistérios, humor e agilidade, Elas por Elas tinha tudo para segurar a audiência da emissora, que é famosa por suas produções, mas o problema teria sido a escolha do horário, que poderia ser o mesmo da versão atual.

Tal decisão também já afetou outras novelas adaptadas pela Globo no passado, como Champagne, de 1983, criada por Cassiano Gabus Mendes, o mesmo autor da versão original da novela Elas por Elas.

Vista como a primeira grande novela do autor para o horário nobre, a produção ficou marcada por fracassar com o público, que não estava acostumado com aquele estilo de novela para o horário das 20 horas.

Novela Champagne também amargou baixos índices de audiência

As comparações com Elas por Elas, que tinha acabado de sair do ar, também foram inevitáveis. Para o público, Cassiano Gabus Mendes estreou no horário nobre da Globo com uma história muito parecida, já que Champagne também era centrada no encontro de alguns homens durante uma festa, que acabou após um misterioso assassinato.

LEIA TAMBÉM: Remake de Elas por Elas: personagem nada popular; qual o destino de Miriam

Um dos pontos mais fortes da produção foi quando o garçom Gastão, interpretado por Sebastião Vasconcellos, foi condenado pelo crime e, 13 anos depois, queria provar sua inocência com a ajuda do filho Nil (Tony Ramos).

Cena da novela Champagne, com Tony Ramos no elenco

Na época, Cassiano Gabus Mendes buscou se defender das críticas e disse que levaria à novela situações mais sérias do que em Elas por Elas, mas a audiência não gostou do resultado e a novela ficou marcada pelo abandono dos noveleiros.

Durante a exibição de Champagne, a TV Globo também ligou o alerta vermelho, principalmente depois da novela das 20 horas perder para a exibição dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro no Carnaval de 1983, que foi exibido pela extinta TV Manchete, uma das principais concorrentes da TV carioca.

LEIA TAMBÉM: Fuzuê: baixíssima audiência e reviravolta obrigatória; o que esperar agora?

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos