Entretenimento

O fim da "boate dos escândalos"

Local onde celebridades cometiam maiores loucuras, a Tramp fecha as portas misteriosamente

Uma das boates mais notórias de Londres, a Tramp, que durante mais de 50 anos e foi o refúgio das celebridades em busca de diversão pós-expediente, fechou suas portas em circunstâncias misteriosas.

Conhecida por seu histórico de escândalos e excentricidades, a Tramp era o lugar onde membros da realeza, roqueiros e estrelas de cinema se comportavam tão mal que, nas palavras de Rod Stewart, "deveriam estar na prisão".

Fundada em 1969 por Johnny Gold e seus sócios Bill Ofner e Oscar Lerman, a boate logo se tornou sinônimo de libertinagem e discrição. Celebridades como os Beatles, Rolling Stones, Frank Sinatra, Kate Moss e inúmeras outras figuras famosas frequentavam o local sem alarde. Era o lugar onde os ricos e famosos podiam se soltar, festejar e ser livres, sem medo de serem expostos pela imprensa, segundo o The Sun.

No entanto, após décadas de histórias extravagantes e eventos icônicos, a Tramp fechou suas portas abruptamente. Os membros foram surpreendidos por um e-mail informando que o clube havia sido vendido, com o novo proprietário sendo Luca Maggiora, um ex-analista de crédito bancário que se aventurou no setor hoteleiro.

Com as celebridades de hoje mais focadas no bem-estar e na manutenção de suas imagens nas redes sociais, o fechamento da Tramp marca o fim de uma era de extravagâncias de celebridades. O local, que inspirou até mesmo um romance erótico de Jackie Collins, deixa para trás uma rica história de escândalos e momentos inesquecíveis.

O legado da Tramp permanecerá como uma parte indelével da cena noturna de Londres, repleto de histórias selvagens e lembranças de noites memoráveis. Enquanto uma página se fecha na história da boate, as celebridades e a alta sociedade de Londres agora buscam novos lugares para escrever seus próprios capítulos de diversão noturna. O que o futuro reserva para o local e sua nova gestão é uma incógnita, mas a Tramp permanecerá viva nas memórias daqueles que a frequentaram ao longo dos anos.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos