Entretenimento

Atriz Elizangela do Amaral deixa último filme inédito; será lançado em 2024

A famosa por muitos personagens na TV e por ser anti-vacina, a atriz morreu aos 68 anos

Filme conservador foi o último trabalho feito por Elizangela do Amaral

A atriz Elizangela do Amaral morreu na última sexta-feira (03), vítima de parada cardiorrespiratória, mas o seu último trabalho na carreira artística ainda está em fase de produção. A famosa deixou um filme inédito, que irá estrear em maio do próximo ano.

Em Oficina do Diabo, título dado ao longa, a artista que fez sucesso em novelas da TV Globo interpreta Maria, que segundo a sinopse “é uma mãe que vê o filho se distanciar da família e da igreja”.

No enredo, a protagonista de Elizangela busca uma forma de afastar o filho das “más influências” e, ao mesmo tempo, começa a lidar com traumas do passado.

Elizangela, filha e nora

Morte aos 68 anos

Elizangela do Amaral Vergueiro morreu aos 68 anos em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. A famosa estava no Hospital Municipal José Rabello de Mello, no Rio de Janeiro.

“Esta é a segunda vez que o sistema de saúde do município atendeu Elizangela. Na primeira, Elizangela deu entrada na unidade com graves problemas respiratórios, e depois de algumas semanas, teve alta da unidade”, declarou a Prefeitura de Guapimirim em nota enviada ao jornal O Globo.

LEIA TAMBÉM: Lolita Rodrigues morre aos 94 anos; famosos homenageiam a pioneira da TV

rep

Durante a pandemia de covid-19, a atriz ganhou destaque por ser uma das famosas anti-vacina. Ela chegou a recusar tomar o medicamento e, no último ano, foi internada devido às complicações da doença.

No entanto, o empresário, Lauro Santana, afirma que a morte da artista não tem a ver com a falta da vacina: “Ela não estava doente e conversamos muito na noite anterior. Rimos muito e falamos do projeto de teatro que ela iria fazer. Estava muito feliz que iria voltar ao teatro. É isso. Muito triste. Importante: Não teve nada relacionado a covid-19 conforme muitos publicaram. Ela estava muito bem”.

Ao longo da carreira, Elizangela do Amaral passou por diversas novelas da Globo, como Força do Querer, A Dona do Pedaço, A Favorita e Roque Santeiro, entre outras produções de sucesso.

LEIA TAMBÉM: Lolita Rodrigues: desde 1950 um destaque da TV brasileira; relembre a carreira

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos