Entretenimento

Guta Stresser agradece apoio após revelar que sofre de esclerose múltipla: ‘Enxurrada de carinho’

Atriz disse que teve diagnóstico há um ano e que faz o tratamento contra a doença degenerativa

A atriz Guta Stresser, de 49 anos, que revelou sofrer de esclerose múltipla, usou o seu Instagram para agradecer as mensagens que tem recebido. A eterna Bebel, de “A Grande Família”, se emocionou ao falar sobre a doença degenerativa e destacou recebeu o apoio de muita gente, entre famosos e fãs. “Enxurrada de carinho”.

“Agora que estou um pouco mais conseguindo me controlar, essa emoção, de recebi tanto carinho, queria agradecer muito. Estou fazendo esses stories para agradecer pela enxurrada de carinho, não sei nem... já chorei tantas vezes hoje. Não achei apropriado gravar stories aos prantos”, começou a atriz.

Ela destacou que teve a confirmação que sofre da doença há um ano. ”Um diagnóstico como esclerose múltipla, que é uma doença autoimune, que a princípio não tem cura, é muito assustador. Desde o diagnóstico, há um ano, fui muito acolhida, minha grande amiga Ana Beatriz Nogueira, diagnosticada já há uns 10 anos com EM [esclerose múltipla]. Hoje recebi mais mensagens de pessoas que têm EM, que se tratam de diversas formas”, ainda disse ela.

“Esses stories são pra agradecer esse imenso carinho, essa enxurrada de carinho que recebi hoje, que me deixa muito emocionada e muito grata por cada um de vocês existirem na minha vida. Seja à distância, seja por aqui nas redes socais, seja no meu convívio diário, muito obrigada a cada um de vocês”, ressaltou.

Diagnóstico

Guta revelou em entrevista à revista “Veja” como desconfiou que algo não estava bem com sua saúde. “Comecei a esquecer palavras bem básicas, como copo e cadeira. Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares. Tinha formigamentos frequentes nos pés e nas mãos, enxaquecas fortíssimas e variações de humor. O pior era um zumbido constante no ouvido. Parecia que havia ali um fio desencapado, provocando um curto-circuito na minha cabeça”, disse ela.

Segundo a atriz, os primeiros sintomas surgiram em 2020, quando ela participava do quadro “Dança dos Famosos”, no “Domingão do Faustão”. “Parecia tudo normal até que, durante os ensaios, eu passava a coreografia e, quando terminava, não lembrava de mais nada, nada mesmo”, lembrou.

Assim, ela foi submetida a exames e teve a confirmação da doença. “Após uma ressonância magnética, recebi enfim o diagnóstico: esclerose múltipla. Perdi o chão na mesma hora. Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante. O médico explicou que se trata de uma doença autoimune em que o próprio corpo ataca a mielina — a capa de gordura que reveste os neurônios e ajuda nas conexões da mente”, explicou ela.

A atriz revelou, ainda, que tem tomando um remédio caríssimo, que consegue graças ao Sistema Único de Saúde (SUS) e que mudou alguns hábitos em sua rotina após a descoberta. “Hoje pratico ioga, mudei a alimentação para melhor e faço todo tipo de exercício para o cérebro — de leitura de livros a palavras cruzadas”, disse.

“Sei que vou ter de conviver com a esclerose múltipla para o resto da vida. Que ela seja longa e plena. Cada dia que passa tem aquele gosto de uma pequena vitória”, finalizou ela.

LEIA TAMBÉM:

VÍDEO: Jade Picon tem nome confirmado em novela da Globo e comemora: ‘Sonho sendo realizado’

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos