Entretenimento

Amber Heard contratou detetive para investigar Johnny Depp e isso foi o que ele revelou

Paul Barresi disse que entrevistou pessoas que tiveram contato com ator nas últimas 3 décadas

Johnny Depp y Amber Heard

Desde a publicação do artigo no The Washington Post em que trazia relatos de supostas situações de violência protagonizadas por seu ex-companheiro, que a vida de Amber Heard e Johnny Depp se tornou ponto de atenção. E, agora, durante o enfrentamento judicial entre ambos, mais informações e novos detalhes são revelados.

Amber contratou um detetive para investigar Depp

Para quem está curioso, segundo informações, trata-se de Paul Barresi, que foi contratado por Heard com a função de investigar o passado de Johnny e em especial entrevistar por um amplo período pessoas que tiveram em algum momento contato com o ator e que poderiam dar indícios de algum evento violento.

Em sua declaração, Paul afirmou que após entrevistar centenas de pessoas que cruzaram em algum momento a vida de Johnny Depp, não encontrou nenhuma evidência de violência cometida pelo ex-ator de Piratas do Caribe.

Não deixe de ler esta notícia: Esta foi a nova e impactante acusação de Johnny Depp contra Amber Heard

Pelo contrário… 👀👀👀

Indicando que havia conversado com pessoas nos Estados Unidos e Europa, a maioria classificou o eterno “Capitão Jack Sparrow” como alguém amoroso e decente.

“Fui para os EUA, França, Itália, Grã-Bretanha, em todos os lugares que Johnny Depp vagava, em todos os lugares que ele andava, não consegui encontrar um caso, ou pelo menos um admitido, de abusar fisicamente de uma mulher, esbofeteá-la ou espancá-la. É como um anjo. Não houve um único que disse algo depreciativo”, afirmou Barresi.

Durante seu relato, o detetive afirmou que entrevistou pessoas que tiveram contato com Johnny nas últimas três décadas, mas não teve nenhum indício. “Ninguém tinha algo ruim a dizer sobre ele. Na verdade, eles não poderiam dizer o suficiente sobre seu fluxo constante de generosidade e coração amoroso”, disse.

Vale lembrar que o embate judicial segue em andamento e que novos detalhes ainda devem ser compartilhados. Assim sendo, fique ligado em nossa página e ative notificações pois compartilharemos atualizações diárias.

+ NÃO SE VÁ ANTES DE LER ESTA NOTÍCIAS:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos