Entretenimento

Entenda por que Dayane foi a primeira escolhida para deixar o ‘No Limite 6’

Prometendo surpreender, a professora da baixada fluminense levou um susto ao ser a mais votada para deixar o reality show

Dayane Sena foi a primeira eliminada do “No Limite 6″ e após uma breve experiência no reality show da Globo, a ex-integrante da tribo Lua contou quais foram os seus maiores desafios no programa, que estreou na terça-feira (03).

Segundo a professora, que mora na baixada fluminense, o seu desempenho na prova em alto mar acabou pesando na hora dos demais participantes votarem no portal da eliminação. Mas, ficar muito tempo longe da filha afetou o seu psicológico.

“A parte mais difícil de tudo foi realmente segurar a saudade da minha filha. Mas eu sabia, a todo instante, que tudo que eu estava fazendo era pensando nela. A cada 10 coisas que eu contava no acampamento, nove eram sobre a minha filha. Nunca fiquei tanto tempo longe dela”, contou Dayane.

Em um jogo diferente de tudo que imaginou, ela revela que ficou impressionada com a intensidade dos dias que passou no acampamento da tribo Lua: “Quando começava a anoitecer já me dava umas palpitações. A noite era longa demais e os mosquitos “carregam” nosso corpo, quase tiram a gente do chão, é inacreditável”.

LEIA TAMBÉM: Fotos revelam como será o cenário da nova temporada do ‘MasterChef Brasil’

Mesmo com pouco tempo no “No Limite 6″, ela diz que sai com muitos aprendizados, como valorizar aquilo que conquistou até agora: “Depois de ficar lá, deitada naquele chão sem conseguir dormir, com mosquito em cima, chovendo, passei a valorizar muito a minha casa e o conforto da minha cama. A gente acha que têm pouco, mas diante das condições que ficamos ali, só tenho a agradecer pelo que eu já tenho”.

Por fim, Dayane revelou que está torcendo pelos integrantes da tribo Lua e avisou: “Todo mundo é muito forte. Eles estão muito preparados fisicamente e psicologicamente para estarem ali. Comparado a eles, eu só tinha a minha força de vontade mesmo, não tinha o preparo físico que eles têm. Além de serem bem fortes, também são muito organizados. Logo no primeiro dia, todos já sabiam no que cada um era bom e no que era mais fraco”.

LEIA TAMBÉM: Antes em Florianópolis, ‘Soltos em Salvador’ ganha nova temporada

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos