Entretenimento

Juliette revela que teve diagnóstico de ‘aneurisma’ após sua participação no BBB

Esta foi a mesma doença que vitimou a irmã de Juliette

Durante uma entrevista, no programa “Conversa com Bial”, Juliette, vencedora do BBB 21, revelou que teve um diagnóstico de aneurisma após sair do programa, a mesma doença que vitimou sua irmã de 17 anos e que gerou um AVC em sua mãe em 2019.

Juliette afirmou que não revelou isso antes, pois não estava preparada. “Precisava me curar antes de me abrir. Minha mãe, além do AVC, tinha um buraquinho no coração, um forame, que era um dos meus propósitos de ganhar o Big Brother. E ela foi fazer essa cirurgia em São Paulo. Quando cheguei lá - eu já tinha feito outros exames no cérebro e não tinha dado nada - mas a doutora disse: ‘Vamos fazer um check-up. E eu falei não.”

A resposta, de acordo com a cantora foi por medo. “No fundo, tinha medo de fazer de novo porque tinha a sensação de que podia ser. Aí minha mãe fez a cirurgia, ficou super bem e quando ela saiu do quarto eu fui fazer meus exames. Passei uma hora dentro da máquina, recebendo contraste na veia, e na minha cabeça: ‘Sei que chegou a hora e vou saber que tenho um aneurisma, era uma certeza no meu coração que não sabia de onde vinha”, comenta.

“Quando saio, a médica já tinha reunido uma equipe de neurologistas e disse: ‘Você tem um aneurisma exatamente no mesmo lugar que sua irmã tinha, e pelo seu histórico a gente quer investigar para saber o melhor procedimento. É pequeno, mas é numa das principais artérias. Eu tinha certeza de que minha missão tinha sido cumprida, que o propósito era esse”, complementa

Juliette conta que recebeu o diagnóstico logo após lançar seu EP. “As pessoas me pediam sorriso, foto, alegria, pediam que eu mostrasse minha vida, tudo... E eu não tinha nada. Só medo e aceitação. E ficava pensando que ninguém imagina o que o outro passa. Enquanto as pessoas estavam pensando no futuro, eu nem sabia se ia ter. E passei três meses sem querer saber disso, fingindo que nem tinha acontecido, que eu estava bem e que não tinha aneurisma.”

Ela pensou em não fazer o tratamento, pois acreditava que havia cumprido sua missão. “Aí eu estava na cama com meus amigos, e eles falando: ‘Vai fazer, Juliette’. Senti algo muito forte. A gente olhou o celular e foi no dia que a Marília Mendonça morreu. Aí todo mundo ficou chorando e disse assim: ‘Vamos fazer isso’. É muito ruim perder alguém assim. Liguei para o médico”, conta.

“Chegando em são Paulo, o médico falou: ‘A gente não tem dúvida, é um aneurisma. A gente só quer saber o meio para tratá-lo. Vai fazer o cateterismo, vê a dimensão. Coloca a prótese ou fecha, e faz a cirurgia aberta ou não faz nada se for inoperável.”

Durante o procedimento, Juliette revelou que veio o “milagre” em sua vida. “Aí acordo e o médico diz: ‘Não tinha aneurisma. Todos tinham certeza, eu já estava escolhendo o tamanho da sua prótese’. É uma formação atípica, que raríssimas pessoas têm. Ele acredita que foi um caso em um milhão.”

+ BBB 22

BBB 22: Lina tem sonho com gravidez e internet cria teoria de que Natália está grávida

BBB 22: Jade não sabe o que significa este termo que todo brasileiro comum já ouviu

BBB 22: advogada de Lina prestará queixa por transfobia à sister

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos