Entretenimento

Raquel Pacheco, ex-Bruna Surfistinha, detona Jair Bolsonaro

A famosa quebrou o silêncio e falou sobre os ataques que sofreu após uma declaração do presidente brasileiro

Raquel Pacheco, conhecida popularmente como Bruna Surfistinha, não escondeu sua desaprovação pelos caminhos que o governo de Jair Bolsonaro tomou.

Em um de seus stories, a famosa falou em falso moralismo. “Entendo que quem diz ser cidadão do bem, precisa pregar um falso moralismo para não chocar, nem decepcionar a família tradicional brasileira”, começou ela.

Em outro momento, Raquel falou sobre as críticas que o presidente brasileiro fez sobre seu filme adulto. “Enquanto ele citou meu filme como exemplo de coisa ruim, o orgulho que tenho da minha trajetória apenas aumentou. Só eu sei o que passei até colher os frutos e ninguém vai tirar isso de mim”, declarou.

Na época, o presidente brasileiro tinha dito que o dinheiro público não seria gasto para financiar filmes como o dela, que foi lançado em 2011. Segundo Raquel, após o ataque, seguidores de Bolsonaro começaram a atacá-la nas redes sociais.

“Diante desse fato, comecei a ser atacada com intensidade por redes sociais. Senti na pele o quanto eles são militantes agressivos que não descansam e, sentem prazer em xingar e ameaçar vidas alheias que não concordam com a mesma visão política deles”, afirmou ela em trecho revelado no jornal Extra.

De acordo com a ex-”Bruna Surfistinha, os haters a chamavam de “lixo humano” e afirmavam que ela era “uma vergonha para o país”, além de outras ameaças. “Fiquei chocada com tanto ódio que esse povo externa. Cada um oferece o que tem no coração, não é mesmo?”, questionou.

Por fim, Raquel comentou que teria vergonha de sair de casa se tivesse sido criticada por outro político. “Teria ficado chateada e com vergonha de sair de casa se tivesse sido criticada por um presidente decente, com um histórico maravilhoso na política, mas não era o caso. Minha resposta aos jornalistas foi direta e reta: ‘Ele deveria cuidar da moral da própria família’.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos