Entretenimento

Passeios paulistanos em 2022: 5 roteiros de museus para visitar em SP

Cidade abriga enorme variedade de museus; confira lista

Após meses com as portas fechadas, os museus de São Paulo voltam a receber público. E haja saudades: a capital paulista abriga, sozinha, mais de 100 instituições desse tipo. Tem espaço para todo tipo de tema: arte contemporânea, sexualidade, futebol, ciências, imigração, religião...

Se você é do time que ama arte e cultura, prepara a agenda: o Metro World News separou cinco roteiros de museus para você colocar na sua lista de metas para 2022. Sim, roteiros: você poderá visitar mais de um museu na mesma viagem.

Um aviso, antes: é importante ficar atento à qualquer possível mudança nas diretrizes sanitárias relacionadas a covid-19. O surgimento de novas variantes pode acarretar em alterações de decretos governamentais, caso as autoridades sanitárias entendam que seja necessário. Isso afetaria a visitação de museus, que são espaços fechados.

LEIA TAMBÉM:

Roteiro Masp

O primeiro roteiro desta lista começa na Avenida Paulista, com o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp). O passeio começa antes mesmo da entrada no espaço: o edifício flutua sob um vão livre, graças à quatro pilastras laterais. O projeto da arquiteta Lina Bo Bardi é um dos principais ícones da capital paulista.

O Masp detém a mais importante e abrangente coleção de arte ocidental da América Latina: seu acervo conta com aproximadamente 8 mil peças, com foco na arte europeia e brasileira. Há também um pequeno (mas importante) conjunto de peças africanas e asiáticas. Atualmente, o museu está com quatro exposições temporárias e a mostra permanente do acervo em transformação.

Após a visita ao Masp, você pode optar por outros centros culturais na mesma avenida, como: Japan House (focado na arte contemporânea e nas tradições japonesas); Itaú Cultural (com mostras de temáticas que variam entre cinema, música, literatura, artes visuais, entre outros); Centro Cultural Fiesp (exposições de temas variados); e Instituto Moreira Salles (com foco em fotografia). A Casa das Rosas (que tem foco em literatura e poesia) está em restauro.

O Masp fica localizado na Avenida Paulista, 1578 - Bela Vista. Funciona às terças, das 10h às 20h, e de quarta-feira a domingo, das 10h às 18h. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada), mas às terças e às primeiras quartas-feiras de cada mês a entrada é gratuita.

Roteiro Pinacoteca

Localizada bem no Centro de São Paulo, a Pinacoteca de São Paulo é o museu de arte mais antigo da capital paulista - foi fundado em 1905. Seu prédio também traz uma visão majestosa: projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, ele remonta ao período do Ecletismo no Brasil, no final do século 19. No caso da Pina, como também é chamada, o desenho segue as tradições do neorrenascentismo, usado em edificações de órgãos oficiais, conforme a tradição arquitetônica parisiense da época.

A Pinacoteca tem um dos maiores e mais representativos acervos da arte brasileira: são mais de 10 mil peças, contando a história da arte brasileira dos séculos 19 e 20. Atualmente estão em exibição quatro exposições temporárias e mais o acervo do próprio museu.

Após a visita a Pinacoteca, você pode optar por outros museus na região, como: Memorial da Resistência (também chamado de Pina Estação ou Estação Pinacoteca, é dedicado à resistência à repressão política no Brasil); Museu da Língua Portuguesa (tem enfoque na história do nosso idioma); e Museu de Arte Sacra (com foco na arte católica).

A Pinacoteca fica localizada na Praça da Luz, 2 - Luz. Funciona de quarta a segunda-feira, das 10h às 17h30. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), mas aos sábados a entrada é gratuita.

Roteiro MIS

O museu mais pop de São Paulo entrou para o roteiro dos turistas nos últimos anos após as grandes exposições promovidas pelo espaço, com enfoque no cinema, na música e arte contemporânea. Já passaram por lá mostras sobre personalidades como Tim Burton, Silvio Santos, David Bowie e Stanley Kubrick.

O acervo permanente do Museu da Imagem e do Som (MIS SP) possui mais de 200 mil itens relacionados à história da produção audiovisual brasileira: só a coleção de cinema tem cerca de 13 mil títulos, entre curtas, médias e longas. Atualmente, a exposição principal é focada na história de vida da cantora Rita Lee.

Após a visita ao MIS, você pode visitar outros museus na região, como: Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (vizinho ao MIS); Fundação Ema Klabin (casa da empresária que abriga acervo de antiguidade clássica e arte africana e europeia); Museu da Casa Brasileira (dedicado à arquitetura residencial brasileira e design).

O MIS fica localizado na Av. Europa, 158 - Jardim Europa. Funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. Os ingressos variam de acordo com a exposição a ser visitada. A exposição principal custa R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada), mas das 10h às 11h30, entre terça e sexta-feira, a entrada é gratuita.

Roteiro Afro Brasil

O Museu Afro Brasil tem como papel guardar a memória os universos culturais africano e afro-brasileiro, através da história, da arte e da etnologia. A instituição resgata a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira. O espaço foi inaugurado em 2004, mas o edifício que o abriga foi projetado em 1950, pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

O acervo do museu possui mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século 18 e os dias de hoje. A instituição exibe o acervo permanente, mas também recebe exposições temporárias, como “Terra em Transe”, que retratou as injustiças sociais do Brasil, do AI-5 às as queimadas no Pantanal e na Amazônia dos anos mais recentes.

Localizado dentro do Parque Ibirapuera, o Afro Brasil divide atenção com diversas outras atrações, como o Museu de Arte Moderna e o Museu de Arte Contemporânea. Ambientes como o Pavilhão da Bienal e a Oca recebem exposições temporárias.

O Museu Afro Brasil fica localizado no Parque Ibirapuera, Portão 10 (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n - Vila Mariana). Funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 17h. Os ingressos custam R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia-entrada), mas às quartas-feiras a entrada é gratuita.

Roteiro Zoologia

Para quem ama ciência, o Museu de Zoologia da USP é o destino perfeito. Um dos muitos museus científicos da capital paulista, este é focado somente em história natural. Com vitrais e decorações em gesso, as exposições abrigam uma série de animais empalhados, fósseis, réplicas de fósseis e informações didáticas.

O Museu de Zoologia detém uma das maiores coleções de história natural da América Latina, com mais de 8,5 milhões de espécimes preservados. Ele começou a funcionar no final do século 19, como parte do Museu do Ipiranga, e em 1941 foi transferido para um edifício dedicado.

A exposição atual se chama “Biodiversidade: Conhecer para Preservar”. Após a visita ao Museu de Zoologia, você pode visitar outros espaços culturais na região, como a Casa do Grito (contemporânea ao momento da Independência do Brasil) e o Museu Vicente de Azevedo (que conta a história do Conde José Vicente de Azevedo, figura importante em São Paulo). O Museu Paulista, também conhecido como Museu do Ipiranga, está fechado para reforma.

O Museu de Zoologia fica localizado na Avenida Nazaré, 481 - Ipiranga. Funciona de quarta-feira a domingo, das 10h às 17h. A entrada é gratuita.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos