Entretenimento

Investigação aponta origem das balas reais no set de ‘Rust’

A polícia segue a investigação sobre o acidente que matou a diretora de fotografia do filme Halyna Hutchins em 21 de outubro.

As autoridades policiais do Condado de Santa Fé, no estado do Novo México, seguem investigando as causas do tiroteio no set de ‘Rust, ocorrido em 21 de outubro, no qual o ator Alec Baldwin disparou um tiro que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins e feriu o diretor do filme, Joel Souza. Os detetives se concentraram agora em entender como balas reais chegaram ao set de filmagem, já que normalmente seriam proibidas em qualquer lugar. E mais ainda: como elas foram misturadas a balas falsas.

O Gabinete do Xerife chegou até Seth Kenney, o especialista em armas que forneceu as armas para o filme. Essa informação foi dada pela armeira do set, Hannah Gutierrez-Reed. Ela revelou que a munição da produção foi comprada de Seth Kenney, proprietário da loja revistada, PDQ Arm & Prop.

O depoimento de Hannah bate com o de seu pai, Thell Reed, um armeiro veterano de Hollywood. Ele disse à polícia que trabalhou com Seth Kenney em agosto e setembro, em outro set de filmagem, e que nessas ocasiões houve treinamento com munição real para o elenco no campo de tiro.

Thell Reed disse à polícia também que Kenney lhe pediu que levasse mais munição para o set, porque havia o risco do suprimento acabar. Ele contou que levou uma lata de balas com aproximadamente 200 a 300 balas reais. Depois que o filme foi encerrado, Thell Reed disse que Kenney levou embora a munição que sobrou. Ele considera que foram essas balas reais que chegaram ao set de ‘Rust’, um mês mais tarde, em outubro, e que se misturaram às balas falsas.

A munição de Seth Kenney corresponde com as balas encontradas pela perícia no set de ‘Rust’.

O depoimento

A armeira de ‘Rust’ Hannah Gutierrez-Reed revelou ainda que carregou o revólver com cinco cartuchos falsos antes do almoço em 21 de outubro. Ela disse que o sexto cartucho não caberia na arma, então depois do almoço ela o limpou e então foi capaz de carregá-lo. Ela disse que “realmente não verificou muito” antes de carregar a bala final porque a arma havia sido trancada durante o almoço.

Em depoimentos anteriores, os investigadores revelaram que Dave Halls, o primeiro assistente de direção, reconheceu que não verificou completamente o revólver antes de entregá-lo a Baldwin.

Hannah Gutierrez-Reed disse que estava do lado de fora da igreja quando ouviu o tiro e, em seguida, ouviu pessoas chamando por um médico. “Nós tínhamos a arma o tempo todo antes disso, e nada aconteceu, e eu não estava lá, e eles nem deveriam puxar o martelo para trás”, disse ela à polícia.

Leia mais

Mandado de busca

Com base nos depoimentos, a polícia do Novo México realizou mandados de busca e apreensão na loja de armamento de Seth Kenney, a PDQ Arm & Prop, LLC, em um shopping center na cidade de Albuquerque. Os investigadores concentraram suas buscas em documentações e munição da marca Starline Brass, já que foi esse tipo de bala encontrado no set de ‘Rust’.

Juan Rios, porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé, disse que o caso será apresentado ao escritório do D.A (da sigla em inglês District Attorney) assim que for concluído. A D.A funciona concentra os trabalhos de um procurador distrital, que é um funcionário público nomeado ou eleito para representar o estado em processos judiciais criminais em um determinado distrito judicial ou condado.

Um advogado da armeira Hannah Gutierrez Reed, Jason Bowles, classificou o mandado de busca como “um grande passo em frente hoje para descobrir a verdade completa sobre quem colocou as rodadas ao vivo no set de ‘Rust’. Bowles já havia sugerido que as munições poderiam ter sido colocadas por um membro da tripulação descontente para “sabotar” o set.

“Confiamos que o FBI irá agora comparar e analisar as ‘rodadas reais’ apreendidas do conjunto com as evidências apreendidas no mandado de busca para determinar conclusivamente de onde vieram as rodadas reais”, disse Bowles.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos