Entretenimento

Exposição em São Paulo sobre centenário do goleiro Barbosa é prorrogada

Mostra fica em cartaz até final de janeiro no Museu do Futebol

A redenção do goleiro Barbosa, sete décadas depois. Injustamente responsabilizado pela derrota do Brasil na final da Copa do Mundo de 1950, a vida do atleta é tema da exposição “Tempo de Reação – 100 anos do goleiro Barbosa”, que acaba de ser prorrogada até 30 de janeiro de 2022.

Moacyr Barbosa (1921-2000) era considerado um dos melhores goleiros de sua época. Sua habilidade era tamanha que ficou conhecido como Homem de Borracha. Ídolo do Vasco, ele venceu diversos títulos estaduais, além de ter sido campeão sul-americano com o time carioca, em uma competição equivalente à atual Copa Libertadores.

Mesmo assim, sua história foi manchada durante anos pela derrota no “Maracanazzo”, ao lado de diversos outros jogadores negros. Na mostra, sua trajetória é recontada sob outra perspectiva. Os curadores propõem uma reflexão sobre o racismo no esporte, através da história de Barbosa.

Além de itens como fotografias, luvas e camisas de goleiros em exposição, destaca-se um pedaço das traves utilizadas no Maracanã na Copa do Mundo de 1950, feitas de madeira e com quinas quadradas.

O Museu do Futebol funciona dentro do Estádio do Pacaembu (Praça Charler Miller, s/n), de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. Na primeira terça-feira de cada mês, o horário de funcionamento se estende até às 21h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), mas as terças a entrada é gratuita.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos