Entretenimento

Reny de Oliveira, da banda Os Atuais, morre após complicações da covid-19

Antes da pandemia, o músico, que fez sucesso nos anos 1970, estava com shows marcados, mas acabou cancelando para cuidar da saúde

O músico Rey de Oliveira, que fez parte do grupo Os Atuais, famoso na década de 1970, morreu, nesta terça-feira (16), aos 68 anos, após complicações da covid-19.

Reny tinha sido internado, no Rio Grande do Sul, na primeira quinzena de outubro e, devido ao agravamento de seu quadro, foi entubado na UTI, mas não resistiu. A notícia da morte do músico foi divulgada nas redes sociais.

A notícia foi confirmada pelo empresário e cantor Rogério da Silva Bonetz. “Não sei lidar com essas coisas da vida, acho que ninguém sabe. Mas prefiro pensar que ele vai estar aqui presente eternamente com suas canções e seu jeito de ser”.

Natural de Tucunduva, na região Noroeste do Rio Grande do Sul, Reny tinha mais de 50 anos de carreira musical. Desses, ele fez parte da Os Atuais por 34 anos.

Na banda, que também era chamada de Os Reis do Baile, no Rio Grande do Sul, Reny, junto com Pino e Ivar, lançou alguns sucessos, como “Barco do Amor” e “Fim de Semana”.

LEIA TAMBÉM:

Ao longo da carreira, Rey de Oliveira mostrou que era versátil e chamou a atenção dos fãs e de outros músicos por tocar guitarra, cantar e compor. Ele entrou para a banda Os Atuais em 1974, mas no final dos anos 1980, o artista saiu do grupo e lançou a banda Reny e Grupo Hello.

Após entrar em novos projetos, Rey de Oliveira retornou  a banda Os Atuais em 2001, onde permaneceu até o início da pandemia.  Antes da internação, o músico e a banda tinham alguns shows marcados, mas acabaram cancelados.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos