Entretenimento

Conheça The Town, novo festival de música em SP dos criadores do Rock in Rio

Iza e Criolo são os primeiros artistas confirmados no line-up

A cidade de São Paulo receberá um novo festival de música a partir de 2023: The Town. O evento é idealizado pelos mesmos criadores do Rock in Rio e será realizado no Autódromo de Interlagos, mesmo espaço que já recebe outro grande festival anualmente, o Lollapalooza.

O projeto foi apresentado na última quarta-feira (10), por Roberto Medina durante coletiva de imprensa. A expectativa é que o festival receba cerca de 600 mil pessoas nos cinco dias de evento. Para efeitos de comparação, o Lollapalooza 2019 recebeu uma média de 246 mil pessoas em três dias.

“Sonhava em fazer um evento em São Paulo, mas precisava ter a cara da cidade. É um enorme prazer e uma responsabilidade ainda maior idealizar e produzir um evento tão grandioso, um projeto único, à altura dessa grande cidade, que foi a inspiração para a criação de The Town”, explicou Medina.

A primeira edição do The Town está confirmada para os dias 2, 3, 8, 9 e 10 de setembro de 2023. Iza e Criolo são os primeiros artistas confirmados no line-up do evento. Em entrevista ao jornal O Globo, Medina também afirmou que vai lutar para incluir Lady Gaga na edição.

Durante os dias de festival, o Autódromo será chamado de Cidade da Música - tal qual o Parque Olímpico, nomeado como Cidade do Rock durante as edições do Rock in Rio. Serão seis palcos e outros dois espaços , todos com cenografia temática, inspirados na arquitetura de São Paulo.

LEIA TAMBÉM:

Rincon Sapiência, Rico Dalasam, Ellen Oléria e mais shows grátis em SP

Festival de hambúrgueres tem 200 restaurantes participantes em SP

Conheça os palcos:

O palco Skyline será o maior do festival, com as principais atrações musicais do evento passando por lá. O design foi inspirado em prédios como Edifício Copan, Fiesp, Edifício Matarazzo, as torres Centro Empresarial das Nações Unidas e Edifício Altino Arantes, misturando ícones do Centro e de regiões como Berrini e Paulista. A tradicional queima de fogos do Palco Mundo do Rock in Rio também se repetirá neste palco.

Já o palco The One promete apresentar conteúdos exclusivos do festival, com apresentações sob medida. O design foi inspirado na arte urbana, com o grafite como um dos principais representantes. Bandas famosas e novos artistas dividirão o espaço, lembrando o palco Sunset no Rio.

O palco New Dance Order segue a mesma ideia do seu gêmeo homônimo no festival carioca: apresentações de música eletrônica, com ritmos como house, techno, trance, bass, trap e EDM.

Os temas do Espaço Favela do Rock in Rio foram divididos em dois palcos em sua versão paulistana. O primeiro deles é o São Paulo Square, com apresentações de jazz e blues. A Estação da Luz e a Catedral da Sé são as principais referências para o layout.

O segundo é o palco Factory, que troca o funk carioca por performances de street dance e shows de trap, hip hop e rap. O design faz alusão aos antigos galpões de fábricas.

Por último, o Arena Metrópolis, que será um espaço para um musical inédito para a primeira edição do festival. Além dos seis palcos, haverá um espaço gourmet a uma área VIP.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos