Entretenimento

Sesc Pompeia recebe exposição do chileno Alfredo Jaar

A exposição traz obras criadas durante os quarenta anos de carreira do artista chileno. A entrada é gratuita!

O Sesc Pompeia está com uma nova exposição em seu prédio, que fica na zona oeste de São Paulo. A mostra “Lamento das Imagens” reúne instalações e obras do ator chileno Alfredo Jaar, que tem 40 anos de carreira.

Com curadoria de Moacir dos Anjos, a exposição gratuita reúne obras em grande escala, instalações multimídia, pôsteres e projeções de vídeo, que revelam a forma como o artista pensa em uma política das imagens no mundo contemporâneo.

Na instalação “O Som do Silêncio” (2006), Alfredo Jaar convida o público para refletir, a partir de um vídeo de 8 minutos, sobre os vários aspectos por trás da polêmica foto feita pelo sul-africano Kevin Carter (1960-1994) de um garoto faminto no Sudão sendo observado por um abutre. A imagem rendeu ao fotojornalista, que cometeu suicídio aos 33 anos, o Prêmio Pulitzer de fotografia.

Outra atração é a obra “Lamento das Imagens”,que discute os poderes que controlam a criação e circulação de imagens. A instalação ofusca literalmente a visão do público, ao lançar uma luz muito forte vinda de um telão em uma sala escura. Essa “cegueira temporária” é uma metáfora para o processo de ocultação de imagens e a necessidade de combater tal violência.

Já em “Sombras” (2014), o artista parte de uma fotografia do holandês Koen Wessing (1942-2011), que registrou o fim do regime autoritário de Anastasio Somoza García (1896-1956) na Nicarágua.

Na instalação, uma sequência de outras imagens antecipam a exibição da foto principal e um jogo de luz e sombras destaca a silhueta de duas mulheres que lançam os braços ao ar. A ideia é pensar sobre a dor e o sofrimento.

LEIA TAMBÉM:

Você ainda pode conferir a obra “Geografia = Guerra” (1991); as instalações “Fora de Equilíbrio” (1989) e “Claro-Escuro” (2015); a projeção “Um milhão de pontos de luz” (2005), entre outros trabalhos.

A mostra ocupa os galpões do Sesc Pompéia, na zona oeste de São Paulo, até o dia 5 de dezembro. A entrada pode ser visitada gratuitamente de terça a sexta, das 14 horas às 20 horas, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 17h30. Para visitar é preciso agendar previamente.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos