logo
Entretenimento
/ Reprodução / Reprodução
Entretenimento 14/09/2021

Marcelo Serrado perde 15 mil seguidores após se posicionar contra Bolsonaro

Além de Serrado, Bianca Bin, Maria Fernanda Cândido, Cissa Guimarães e Netinho mostraram seu posicionamento político nas redes sociais

O feriado da Independência no Brasil, no dia 7 de setembro, ainda está sendo um problema para algumas pessoas, como para o ator Marcelo Serrado, da Globo, que publicou uma imagem da bandeira do Brasil e reforçou: “não apoio e nunca apoiei esse governo! Fora Bolsonaro”

Após o posicionamento político nas redes sociais, o ator acabou perdendo 15 mil seguidores. Mas ele parece não ter se sentido mal com isso. “Perdi semana passada quase 15 mil pessoas que me seguem porque disse que votei no professor e sou contra o coiso! Ufa, deu um alívio! Agora o que me espanta é que esses 15 mil ainda acreditam, como explicar?”, escreveu.

Na sequência, Marcelo Serrado disse que todos tinham o direito de pensar diferente dele e que haveria respeito com isso. “Não concordo com uma só palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o vosso direito de dizer”, publicou.

LEIA MAIS:

Além de Serrado, Bianca Bin, Maria Fernanda Cândido, Cissa Guimarães e Netinho foram alguns dos famosos que usaram as redes sociais no feriado da Independência para se posicionar contra ou a favor dos protestos que acontecem pelo país.

Os atos foram convocados pelo presidente Jair Bolsonaro e aconteceram em diferentes cidades com pedidos de impeachment dos ministros do STF e voto impresso. Em paralelo, aconteceram também manifestações contrárias ao presidente.

Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas Roque Clube, que costuma se posicionar contrário a Bolsonaro, pediu em seu Instagram que artistas, celebridades e influenciadores se manifestassem “contra o golpe de Bolsonaro” para não serem “cúmplices”.

A atriz Bianca Bin desejou “bom dia só para quem é ‘fora Bolsonaro’ e defende a democracia” em seu Instagram. Também pediram a saída do presidente a apresentadora Marina Person e os atores Matheus Nachtergaele e Tuca Andrada.

A atriz Maria Fernanda Cândido e o ator Leonardo Vieira também se mostraram contrários aos atos e postaram o artigo 5º da Constituição que aponta como “crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado democrático”.

A apresentadora Cissa Guimarães e a atriz Samantha Schmutz também pediram democracia e a saída do presidente Bolsonaro, e ainda postaram uma foto em referência ao preço do combustível, perto dos “R$ 7 o litro”.

Mas nem todas as manifestações de artistas são contra o presidente Bolsonaro. O ator Humberto Martins desejou “feliz Dia da Independência” no Instagram e acrescentou o lema “Deus, pátria e família”, comumente usado por apoiadores do presidente.