logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Pinterest / Foto: Reprodução Pinterest /
Entretenimento 13/09/2021

Após ter recusado a receber a intimação, Príncipe Andrew terá primeira audiência em caso de abuso sexual

Filho da Rainha Elizabeth está sendo acusado de abuso sexual por Virginia Roberts Giuffre. As agressões teriam acontecido entre 1999 e 2002.

Filho da Rainha Elizabeth está sendo acusado nos Estados Unidos por abuso sexual.

Na manhã desta segunda, 13, conforme apurou a People, o príncipe Andrew teria recebido a intimação judicial e outros documentos relacionados ao processo que é movido contra ele nos Estados Unidos sobre a agressão sexual por Virginia Roberts Giuffre no final do mês passado. Anteriormente, o advogado de Virginia divulgou que o príncipe teria usado estratégias para fugir dos servidores que estariam designados a entregar a intimação.

“Os servidores de processo apareceram em sua residência e se recusaram a aceitar a intimação e a permitir que os servidores de processo entrassem para encontrá-lo”, disse David Boies, presidente do escritório de advocacia Boies Schiller Flexner LLP, com sede em Nova York, de acordo com ABC Notícias

No início desta semana, os fotógrafos capturaram o Príncipe Andrew viajando para o Castelo Balmoral, na Escócia, onde a Rainha está em suas férias de verão. Andrew também viajou para a residência real escocesa com sua ex-esposa Sarah Ferguson um dia depois que o processo foi aberto em 9 de agosto.

Leia mais notícias sobre a Família Real britânica:

Virginia Roberts Giuffre acusa o príncipe Andrew de forçá-la a fazer sexo com ele três vezes entre 1999 e 2002, acusações que o filho da rainha Elizabeth nega. A primeira audiência do julgamento do caso está marcada para esta segunda, 13, mas não está claro se Andrew comparecerá. A audiência será realizada por videoconferência.

Em uma declaração compartilhada com a People em 9 de agosto, Giuffre disse que seu advogado entrou com o processo contra o príncipe Andrew de acordo com a Lei de Vítimas de Crianças.

“Conforme o processo mostra os detalhes, eu fui traficada para ele e abusada sexualmente por ele”, disse Virginia Roberts Giuffre. “Estou responsabilizando o Príncipe Andrew pelo que ele fez comigo. Os poderosos e ricos não estão isentos de serem responsabilizados por suas ações. Espero que outras vítimas vejam que é possível não viver em silêncio e medo, mas sim reclamar a vida falando e exigindo justiça”, finalizou ela.