logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Instagram / Foto: Reprodução Instagram /
Entretenimento 07/09/2021

Príncipe William intervém para resgatar oficial afegão do Talibã

Príncipe William soube da situação de perigo que o oficial afegão se encontrava e interveio pessoalmente para alertar a equipe de resgate do Reino Unido. O último vôo britânico deixou o Afeganistão dia 28 de agosto.

O militar, que não teve seu nome revelado, e o príncipe William se conheceram na Academia Militar de Sandhurst, em 2006.

De acordo com informações divulgadas pelo Daily Telegraph, o príncipe William interveio para garantir que um oficial do exército afegão saísse em segurança de Cabul. Embora o nome do militar não tenha sido revelado, o jornal britânico divulgou que o príncipe William o conheceu na Academia Militar de Sandhurst, em 2006.

O príncipe William soube da situação de perigo que o oficial afegão se encontrava e entrou em contato com o oficial naval, Tenente Comandante Rob Dixon, para entrar em contato com as tropas em terra para alertar a equipe de resgate britânica. Oficiais e comandos  da Brigada de Assalto Aéreo que estavam trabalhando na evacuação foram informados do pedido do príncipe William.

De acordo com o Daily Telegraph, o oficial afegão foi peça-chave na operação militar britânica no Afeganistão. “Seu grupo familiar de mais de 10 pessoas, incluindo várias mulheres e crianças, estavam particularmente vulneráveis”, informou o jornal.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Além disso, o general Sir Richard Barrons, ex-comandante do Comando das Forças Conjuntas, disse ao Daily Telegraph que outros veteranos britânicos intervieram para chamar a atenção para os casos de ex-colegas afegãos que também corriam o risco de represálias do Talibã. “Todos nós fizemos isso. Em alguns casos, o governo sabia sobre eles, em alguns casos não”, disse ele.

De acordo com as informações da BBC, o último vôo britânico deixou o Afeganistão no sábado 28 de agosto, encerrando o envolvimento militar do Reino Unido de 20 anos no país. Mais de 15.000 pessoas foram retiradas pelo Reino Unido desde 14 de agosto.

O príncipe William esteve em Sandhurst de janeiro de 2006 até sua formatura em dezembro daquele ano. Após o treinamento, William serviu no exército antes de fazer uma carreira mais longa na RAF, trabalhando como piloto de Busca e Resgate na costa do Norte de Gales.