logo
Entretenimento
/ Reprodução / Reprodução
Entretenimento 30/08/2021

Bárbara Evans fala sobre a biópsia em seus embriões: ‘Eu não tenho estrutura’

Nas redes sociais, a modelo surgiu emocionada e afirmou que os planos não saíram com o previsto, mas que ela segue na luta para ser mãe

Há meses, a modelo Bárbara Evans está compartilhando em suas redes sociais como anda o processo para engravidar e, neste domingo (29), ela desabafou sobre o resultado dos testes realizados em seus embriões. “Vai começar com chororô. Pode ver que eu já estava chorando. O resultado da biópsia saiu. De sete embriões a gente ficou com três saudáveis. A gente precisava de quatro, a doutora recomendou que a gente fizesse mais dois ciclos seguidos de captação de óvulo, agora”, contou ela aos seguidores.

Em um momento complicado, Bárbara afirmou que não tem condições de tomar qualquer decisão sobre o assunto. “Mas eu não tenho estrutura emocional para fazer mais dois meses seguidos. Conversei com meu marido e se Deus quiser dessa forma, então a gente também quer”, afirmou emocionada.

Em seus perfis, a modelo contou aos seguidores que ela e o marido, Gustavo Theodoro, decidiram fazer a implantação dos dois óvulos. “Vamos adiante, colocar esses dois embriões e vamos deixar um congelado. Vamos rezar muito e torcer muito. Tenho certeza que Deus está preparando o melhor para a gente. Caso não dê certo – eu sei que a gente sempre tem que pensar positivo, mas tem que estar ciente do que pode vir a acontecer – então, caso não vingue nenhum dos dois embriões, dos dois que vamos colocar, a gente vai passar por uma nova captação”, afirmou.

LEIA MAIS:

O tratamento para engravidar 

Em maio de 2020, Barbara precisou fazer uma cirurgia de emergência no ovário para retirada de um cisto. “Há um ano, fiz um checkup e percebi que o cisto estava bem maior. (…) Começamos um tratamento para ver se esse cisto iria diminuir. Passaram-se seis meses de tratamento e o cisto não regrediu. Estava correndo risco de torção de ovário, então resolvemos tirá-lo. Passei por uma cirurgia de emergência”, contou na época.

Em entrevista à Marie Claire, Bárbara falou sobre a dificuldade de engravidar. “Nós descobrimos alguns problemas quando tive que operar o meu ovário, no ano passado. E também foi dessa forma que descobri a endometriose. Então, logo a minha ginecologista pediu exames também para o Gustavo, um espermograma, e o dele deu em pouca quantidade e com qualidade ruim, então não conseguiríamos ter filhos da forma normal. Por isso, veio a decisão de partirmos para a FIV, o que fizemos logo em seguida.”

Agora, Bárbara precisa lidar com os altos e baixos físicos e emocionais do tratamento. “O meu emocional ficou bem abalado por conta da quantidade de hormônios então oscilei muito. Além disso, por mais que eu ache importante colocar a estética de lado, engordei 14 quilos e, no começo, senti bastante, mas já me aceitei. Uma das piores partes foi o período antes da aceitação, em que eu sofri bastante com o aumento do peso. Mas sei que agora não é o momento de pensar nisso, muito menos de fazer dietas. Então vou fazendo o que consigo, como pilates, drenagem. Vale cada quilinho que eu estou ganhando para a realização desse sonho”, disse.