logo
Entretenimento
/ Blad Meneghel/Reprodução / Blad Meneghel/Reprodução
Entretenimento 19/08/2021

Xuxa abre mais um processo contra Sikêra Jr., da RedeTV!

Esta é a segunda vez que a ex-apresentadora da Globo e Record TV move uma ação contra o jornalista do “Alerta Nacional”

A apresentadora Xuxa Meneghel está processando mais uma vez o jornalista da RedeTV! Sikêra Jr. Desta vez, a ação contra o comunicador tem como motivo a difamação por comentários feitos durante o programa ‘Alerta Nacional’, transmitido pela RedeTV!.

A ação é movida na 11ª Vara Criminal do Fórum de Manaus, no Amazonas, desde o dia 28 de julho. Nela, Xuxa refere-se a uma edição do programa da RedeTV! em que Sikêra Jr refere-se a ela como “pedófila”, “ex-rainha” e a acusa de apologia às drogas.

Segundo Ticiano Figueiredo, advogado de Xuxa, explica que o processo foi movido em Manaus por tratar-se de uma ação penal, o que seria “competência territorial” daquela região. “Abrimos em Manaus, pois é o que se chama de competência territorial. A competência territorial para processar crimes contra a honra é no local em que a ofensa foi proferida”, explicou o advogado da rainha dos baixinhos.

LEIA MAIS:

Figueiredo relatou também que não há a intenção de conciliação entre as partes. O objetivo da ação é que o apresentador pare de referir-se de forma negativa a Xuxa no “Alerta Nacional” (RedeTV!) e que, possivelmente, haja condenação pelas atitudes de Sikêra Jr., após decisão do juiz.

Em uma outra ação na justiça, Xuxa Meneghel pediu  para retirar do ar o apresentador Sikêra Jr, da RedeTV!. No entanto, o Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou pedido feito por Xuxa.

Neste processo, a apresentadora, que lançou um livro infantil que aborda conteúdo LGBT, teria sido acusada por Sikêra de pedofilia. Em seu programa ao vivo, ele teria dito que Xuxa quer “levar as crianças à travessura, à prostituição e à suruba”.

Xuxa processou o apresentador e a RedeTV! pedindo uma indenização de R$ 500 mil, bem como a demissão de Sikêra do “Alerta Nacional” ou a retirada do programa do ar. “Por ser uma pessoa pública, Xuxa sempre soube que está sujeita a críticas das mais diversas origens e intensidades, com as quais aprendeu a lidar”, afirmou sua defesa à Justiça.