logo
/ Pixabay/Divulgação  / Pixabay/Divulgação
Entretenimento 13/07/2021

Novela terá 1ª cena de beijo de um homem trans na história da TV aberta

Momento será protagonizado pelo ator Bernardo de Assis e pela atriz Juliana Alves

Nesta quarta-feira, 14, será exibida uma cena histórica na novela Salve-se Quem Puder, na Globo. Será transmitido o primeiro beijo entre um homem trans e uma mulher cisgênero da TV aberta brasileira.

O momento será protagonizado pelo ator Bernardo de Assis, de 26 anos, e pela atriz Juliana Alves, de 38. Na história, Renatinha, vivida por Juliana, e Catatau, personagem de Assis, estão cada vez mais próximos e encantados um pelo outro.

Leia também:

Interesse de mulheres em vagas de TI cresce mais de 20% em 2021, revela pesquisa

Prefeitura de São Paulo abre mais de 400 vagas de emprego para pessoas com deficiência

“Considero a cena como um ato de resistência. É importante para mim, como homem trans, ter a oportunidade de mostrar meu trabalho como ator de forma tão leve e natural através da história do Catatau”, afirma Bernardo.

“Sinto um grande orgulho e responsabilidade por participar deste momento ainda mais quando acontece na minha estreia na TV. Não poderia ter sido mais especial. É uma grande conquista”, finalizou.

A cena acontece quando o casal resolve ir até uma cafeteria e o jovem é reconhecido por Carol, interpretada por Andressa Robles, ginasta que treinava com o office-boy quando eram mais jovens. Na mesa com outros colegas do clube, ela relembra quando Lucy, nome de Catatau antes da transição, fazia parte do time.

Neste momento, Isaac, personagem de Conrado Caputo, o técnico, e Tamy, feita por Livia Inhudes, começam a fazer comentários preconceituosos sobre o rapaz. Ele rebate e não se intimida com o clima de hostilidade que se forma no local.

A discussão acaba chamando a atenção dos demais clientes que, num gesto de apoio, aplaudem Catatau e Renatinha quando os dois se beijam apaixonados e celebram o amor.