logo
Foto: Reprodução Pinterest / Foto: Reprodução Pinterest /
Entretenimento 12/07/2021

“As tensões diminuíram entre Meghan e Kate”, garante fonte próxima à realeza

Meghan Markle e Kate Middleton parecem estar levantando a “bandeira branca” para encorajar seus maridos a fazerem o mesmo. Entenda.

A troca constante de mensagens entre as cunhadas tem sido apontada como uma “bandeira branca” entre as duas. Entenda.

Uma fonte próxima à realeza garantiu à US Weekly que Meghan Markle e Kate Middleton parecem estar colocando as diferenças de lado e se reconciliando. Após a mudança de Meghan e Harry para os Estados Unidos, a saída definitiva de seus postos como membros da Família Real britânica e a entrevista reveladora à Oprah Winfrey, uma troca de mensagens constante seria a prova de que as duas duquesas estão tentando seguir a vida livre de desentendimentos.

“As tensões diminuíram entre Meghan e Kate. Kate até enviou a Meghan um presente para o bebê. Eles estão em um lugar melhor e trocam mensagens desde o nascimento de Lilibet”, disse uma fonte à US Weekly.

No início do mês, os príncipes William e Harry estiveram juntos para homenagear a mãe, a princesa Diana, inaugurando uma estátua nos jardins do Palácio de Kensington, no Reino Unido. Ambos foram cordiais um com o outro e fizeram questão de estarem juntos no evento. “As tensões diminuíram. Os irmãos estão prontos para superar a brecha e ter um bom relacionamento novamente”, disse a fonte à US Weekly.

Alguns dias antes do casamento de Meghan e de Harry, uma notícia circulou na imprensa britânica de que Meghan teria feito Kate chorar após uma discussão sobre o vestido das daminhas de honra. Para quem não lembra, a princesa Charlotte, filha de Kate e William, foi uma das damas de honra do casamento. 

Porém, durante a entrevista à Oprah Winfrey, divulgada no início do mês de março deste ano, Meghan Markle falou pela primeira vez publicamente sobre o assunto. Ela disse que o que havia acontecido teria sido justamente o contrário: as duas teriam discutido e Kate teria feito Meghan chorar.  “Poucos dias antes do casamento, ela estava chateada com os vestidos de florista e isso me fez chorar. Isso realmente machucou meus sentimentos”, disse Meghan durante a entrevista.

“O incidente com o vestido das damas de honra aconteceu há muito tempo e parece inútil segurar a raiva. É energia desperdiçada”, garantiu a fonte ouvida pela US Weekly.  “O nascimento de Lili aproximou Kate e Meghan, eles se uniram por terem filhas e mal podem esperar que todos os primos se encontrem”, finalizou.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Se você não lembra da entrevista

A primeira grande entrevista do Duque e da Duquesa de Sussex, o Príncipe Harry e Meghan Markle, desde a separação da Família Real Britânica foi concedida à apresentadora Oprah Winfrey. Gravada na Califórnia, onde está vivendo atualmente os Sussex, a entrevista foi ao ar no domingo, 7 de março, no canal de televisão americano CBS.

Alguns dias antes, no dia 21 de fevereiro, o Palácio de Buckingham comunicou a saída definitiva do casal como membros da família real britânica e, de acordo com o tabloide britânico The Mirror, foi essa entrevista que causou a fúria da Rainha Elizabeth II e fez com que ela tomasse a decisão de afastar de vez os dois dos seus títulos reais. Uma fonte citada pelo jornal disse: “Nem os Sussex nem a equipe de TV viram as consequências de sua entrevista, que levou a isso. Harry e Meghan pensaram que manteriam seus papéis”.

A entrevista, que foi ao ar primeiramente na TV dos Estados Unidos e depois no Reino Unido, caiu como uma bomba na Família Real britânica. Isso porque, dentre outras coisas, a Duquesa de Sussex declarou que seu filho Archie teria sido alvo de comentários racistas e que teria sido negado a ela atendimento psicológico. Em resposta, alguns dias depois, o Príncipe William foi indagado por um repórter sobre as declarações da cunhada e disse: “Não somos uma família racista”.

Três dias depois da divulgação da entrevista, o Palácio de Buckingham divulgou uma nota na qual esclarece que a rainha Elizabeth ficou triste com tudo o que foi relatado por Meghan e Harry durante a entrevista e que tudo será “resolvido em família”.